Pressione ESC para fechar


0

12 tipos de benefícios e a importância de oferecer na sua empresa

Os benefícios ainda são vistos como gastos financeiros ou como algo desnecessário para o sucesso da sua empresa? Se você pensa assim, talvez não saiba realmente qual é o fundamento e a importância dos benefícios.

Mais de 55% dos colaboradores são atraídos por benefícios na hora de escolher uma empresa, de acordo com o estudo Employee Benefits Study em 2019.

Ainda baseado nesta pesquisa, mas com dados mais recentes (2020), 69% dos colaboradores dizem ter mais lealdade com os empregadores, por conta da gama de benefícios.

Imagine o contexto: mais da metade de um quadro de colaboradores afirmam que são mais leais às empresas que trabalham por conta dos benefícios que elas oferecem, ou seja, um indicador muito considerável para definir estratégias referente a gestão de pessoas.

Mesmo que seja do conhecimento de alguns gestores as vantagens que os benefícios podem trazer para os colaboradores, implementar uma política de benefícios ainda não é uma prática bem aceita para algumas empresas no mercado de trabalho.

Infelizmente, muitas empresas, especialmente as pequenas e médias não enxergam que oferecer benefícios de qualidade aos colaboradores podem resultar em maior ganho financeiro a longo prazo.

Neste artigo você aprenderá o que são os benefícios corporativos, a importância deles e quais são os mais desejados pelos colaboradores e profissionais do mercado. Confira abaixo os tópicos que vamos abordar:

  • O que são benefícios corporativos?
  • Por que os benefícios corporativos são importantes?
  • Quais são as vantagens em oferecer benefícios?
  • Principais tipos de benefícios
  • Quais os impactos da reforma trabalhista em relação aos benefícios?
  • Como escolher benefícios corporativos?
  • Conclusão

    Boa leitura!

    O que são benefícios corporativos?

    Os benefícios corporativos são práticas realizadas pelas empresas para dar vantagens aos colaboradores, como forma de incentivar o bem-estar no ambiente de trabalho, através de atividades e cuidados fora ou dentro da jornada do colaborador.

    Além dos benefícios que trazem condições melhores na qualidade de vida, há também os essenciais que fazem parte da rotina do profissional, como vale-transporte, vale-refeição e assistência médica.

    O principal objetivo da implantação de benefícios é engajar os colaboradores com insumos culturais e saudáveis para que a sua felicidade no trabalho esteja sempre em alta.

    Cada vez mais, os benefícios são portas de entrada e permanência dos profissionais nas empresas. Isso gera a necessidade de o mercado entender a importância e assim, aplicar de forma agradável para ambas as partes.

    Por que os benefícios corporativos são importantes?

    Proporcionar experiências que normalmente o profissional não teria se não fosse disponibilizado pela empresa em que trabalha, contribui para que o colaborador se sinta parte da organização.

    Assim como a cultura organizacional e os valores que são criados no desenvolvimento de uma marca, a cartela de benefícios também pode se tornar um dos principais motivos para que um profissional se interesse por uma empresa.

    Estar alerta ao bem-estar do colaborador impacta positivamente o ambiente de trabalho e evidencia a motivação aliada ao propósito de vida dele. É aí que entra a importância de oferecer benefícios.

    Ou seja, os profissionais hoje em dia não buscam apenas um serviço para receber uma renda mensal, a fim de pagar as suas despesas e projetos, mas procuram construir uma história rica de conhecimento e desenvolvimento junto à organização.

    Você deve saber o quanto a rotatividade do quadro de colaboradores é grande em algumas empresas, e o problema pode ser a falta de entendimento que a retenção de talentos não é sobre a faixa salarial. Por isso, oferecer benefícios que estejam alinhados com os valores e propósito de vida das pessoas, estreita a relação entre a empresa e o colaborador.

    Todos esses pontos tornam a empresa mais atrativa para o mercado. Investir em pessoas e manter os seus profissionais motivados, gera a redução das taxas de turnover e aumenta a felicidade no trabalho.

    Além de proporcionar bagagem cultural, aprendizado e bem-estar, os benefícios são uma parte muito importante de um RH estratégico, focado em pessoas e não em processos.

    A importância dos benefícios precisa ser considerada pelos diretores e gestores como parte da estretégia empresarial, de marca e de gestão de pessoas.

    Quais são as vantagens em oferecer benefícios?

    É importante destacar que oferecer “benefícios” não se trata de cumprir uma determinada norma legislativa. Quando se fala em pessoas, precisa-se entender que a empresa precisa gerir necessidades, expectativas e a motivação das pessoas. 

    Isso pode ser evidente para empresas de sucesso como, LinkedIn, Google e Heineken, que alcançam resultados significativos pois têm focado nas pessoas a todo momento.

    Se sua empresa é pequena e média, pode ser que exista mais dificuldades para oferecer alguns tipos de benefícios. Se isso for um obstáculo, nossa dica é olhar para as startups. A maneira como novos modelos de negócio fazem a gestão de pessoas e aplicação de benefícios de maneira inteligente.

    É claro que isso tem um custo. Mas, não ignore a possibilidade de melhorar seus resultados caso você tenha colaboradores felizes. 

    Abaixo você conhecerá mais sobre o impacto das vantagens dos benefícios para empresas:

    1- Engajamento dos colaboradores

    Um colaborador feliz é 31% mais produtivo, três vezes mais criativo e vende 37% a mais comparado aos outros profissionais que não se sentem felizes e motivados, de acordo com um estudo realizado pela Universidade da Califórnia, em 2019.

    O engajamento dos colaboradores é a principal vantagem que faz todas as outras serem ativas, pois determina o quanto um colaborador está motivado com a empresa. Isso se deve às funções do seu cargo, o clima organizacional e os benefícios que a organização oferece, por exemplo.

    Contudo, os benefícios precisam ir de encontro ao perfil dos colaboradores, e é fundamental estar atento às necessidades atuais e a aderência dos benefícios que já foram implementados.

    Mais adiante, você saberá as principais considerações para acertar na escolha dos benefícios para a sua empresa.

    2- Retenção de talentos

    Quem não quer ouvir que a sua empresa é uma Great Place To Work, não é mesmo?

    Essa satisfação é evidenciada pela geração de valor que a sua empresa propõe através dos benefícios corporativos, por exemplo. 

    Além dos indicadores internos, uma boa gestão de benefícios também contribui para a marca empregadora. Os benefícios implementados, o clima organizacional e o nível de satisfação interna somente terão visibilidade no mercado se forem compartilhados pelo seu time. 

    Assim, a divulgação de uma vaga se torna atrativa, e a sua empresa atrai os melhores profissionais do mercado de trabalho. E, o contrário também é real: os benefícios podem reter os seus profissionais e aumentar a lealdade deles à sua marca.

    3- Recrutamento e seleção

    Uma das vantagens em ter benefícios que vão de encontro às necessidades das pessoas, é atrair profissionais qualificados e engajados. E, quanto mais a marca for desejada pelo mercado, será mais competitiva.

    A importância dos benefícios para a parte de recrutamento e seleção da sua empresa precisa ser vista como parte estratégica. Bons benefícios atraem bons profissionais.

    Vale lembrar que cada geração possui uma necessidade diferente. No entanto, o trabalho é uma parte fundamental da vida humana, e que a maior parte do seu dia, dedica-se a ele. Deste modo, as pessoas querem se sentir valorizadas.

    4- Crescimento da empresa

    Ao passar por todos esses tópicos, a empresa já proporcionou o engajamento dos seus colaboradores, mantendo a motivação através do alinhamento entre o propósito de vida pessoal e profissional. Além disso, criou motivos para que os colaboradores acreditem na organização e ofereçam o seu melhor para a empresa. E por fim, se tornou um objeto de desejo para o mercado.

    Quando há colaboradores engajados e motivados, o trabalho torna-se mais produtivo, pois existe respeito à diversidade de ideais e valores em conjunto com a cultura organizacional da empresa.

    Principais tipos de benefícios

    Existem os benefícios corporativos que toda empresa disponibiliza ao colaborador por ser obrigatório pela lei CLT, como o vale-transporte, e os benefícios que são oferecidos como incentivo ao crescimento pessoal e profissional, como por exemplo, uma porcentagem de bolsas de estudos.

    Ambos serão apresentados neste capítulo, confira!

    Benefícios obrigatórios

    Caso o colaborador tenha um contrato CLT, os benefícios obrigatórios são todos aqueles regulamentados na lei trabalhista, são eles:

    Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS): é um valor que o empregador deposita mensalmente na conta da Caixa Econômica Federal, o que equivale a 8% do salário do colaborador. Esse benefício pode ser sacado em algumas situações, como demissões sem justa causa ou em períodos esporádicos que o governo libera.

    Vale-transporte: corresponde ao valor que a empresa paga ao colaborador para se locomover da sua residência ao trabalho durante o mês. Por lei, o desconto deve ser de 6% do salário do profissional, e o restante deverá ser arcado pelo empregador.

    Férias remuneradas: a lei também garante que todo trabalhador tenha direito a 30 dias de férias a cada ano trabalhado na empresa. O valor deve ser de um salário e mais o acréscimo de um terço.

    Licença maternidade: garantido para as colaboradoras que têm um filho ou adotam. Elas podem ficar ausentes por 120 dias e mais 60 dias – em alguns casos, recebendo o seu salário normal pela Previdência Social.

    13° terceiro: é um salário adicional que os colaboradores recebem no final do ano.

    Agora que você já sabe os benefícios que são impostos pela lei dentro do modelo de contrato CLT, vamos abordar os benefícios que não são obrigatórios pela empresa, mas que atraem muitos profissionais engajados no mercado.

    Benefícios mais desejados pelos colaboradores

    Há benefícios que não são obrigatórios pela legislação trabalhista, mas que fazem a diferença na hora do profissional entrar num processo seletivo de uma empresa.

    Se você quer saber quais são os benefícios mais procurados pelos colaboradores, não perca a lista que preparamos:

    1- Vale-refeição e alimentação

    Esses benefícios possibilitam que o colaborador receba um valor mensal para se alimentar em duas vertentes.

    O vale-refeição é um valor recebido com o foco em proporcionar ao colaborador condições para comer na jornada de trabalho.

    Já o vale-alimentação é um valor para usar em supermercados, padarias e açougues.

    2- Plano de saúde e odontológico

    Os planos de saúde oferecidos aos colaboradores são os empresariais, o que traz as mesmas condições para todos. Portanto, este é um benefício que é descontado uma porcentagem sob o salário do colaborador mensalmente.

    3- Salário sobre demanda

    O colaborador pode solicitar o seu salário em qualquer dia do mês, um benefício que proporciona flexibilidade aos profissionais.

    4- Bolsas de estudo

    A empresa oferece bolsas de estudos integrais ou parciais para que o colaborador tenha a oportunidade de ingressar em graduação, pós-graduação, cursos profissionalizantes ou cursos de idiomas.

    5- Vale-academia

    Por meio de parcerias entre as organizações e as academias, os colaboradores possuem um desconto ou isenção na mensalidade da academia, o que incentiva programas que melhoram o bem-estar dos colaboradores.

    6- Home office e horários flexíveis

    O home-office é quando o colaborador trabalha fora do ambiente da empresa, mas com a mesma carga horária da sua jornada de trabalho. O que muda é apenas o lugar físico do desenvolvimento da sua função.

    Já a carga horária flexível é a possibilidade de entradas e saídas em horários alternativos, conforme a escolha do colaborador, desde que acordado com a empresa. Vale ressaltar que o ideal é que ele cumpra a quantidade mínima de trabalho por dia, semana ou mês, sempre em comum acordo. 

    7- Vale Combustível

    É oferecido normalmente para os colaboradores que não optam pelo vale-transporte, e é uma ajuda para colocar combustível no automóvel. O valor pode variar de empresa para empresa.

    8- Auxílio-Creche ou berçário

    É um valor adicional para auxiliar na mensalidade da creche, escola ou babá, oferecido especialmente para as colaboradoras que são mães.

    9- Day Off

    O “day off” é um dia de folga ao colaborador em datas comemorativas, ao bater metas ou como prática mais comum adotada pelo mercado, o profissional é dispensado no dia do seu aniversário.

    10- Previdência privada corporativa

    A previdência privada corporativa, conhecida também como previdência empresarial, é um modelo de previdência cujo colaborador aplica seu dinheiro em investimentos junto à empresa – enquadrando-se no plano instituído.

    Outra vertente é a utilização do plano averbado, quando não há patrocínio do empregador.

    Ambos são benefícios e pontes oferecidas pela empresa para que o colaborador tenha facilidade em investir.

    11- Dress code casual

    Uma maneira de dar liberdade e autonomia para os colaboradores, é oferecer a possibilidade de ir com a vestimenta que se sinta confortável. Em destaque, esse tipo de benefício é muito utilizado em startups.

    12-  Participação dos lucros (PLR)

    A participação nos lucros é quando o colaborador recebe um valor de acordo com as metas e objetivos alcançados da empresa. 

    Quais os impactos da reforma trabalhista em relação aos benefícios?

    Com a reforma trabalhista anunciada em 2017, alguns pontos foram alterados e melhorados na gestão da jornada do colaborador. Desta forma, a gestão dos benefícios corporativos também ganhou uma vantagem para os colaboradores e empresas.

    De acordo com o artigo 457 da CLT, o empregador poderá premiar os colaboradores que se destacarem na rotina da empresa, sem que esse valor seja considerado parte do seu salário. O que representa uma praticidade em poder criar campanhas monetárias asseguradas pela lei.

    Vimos que há diversas vantagens e formas para engajar os seus colaboradores com o que a sua empresa acredita, mas como escolher benefícios que realmente tragam resultados?

    Essa questão será respondida no próximo a seguir.

    Como escolher benefícios corporativos?

    É provável que tenha chegado até aqui e surgiu a seguinte dúvida: como vou escolher os benefícios que tenha a ver com os colaboradores da minha empresa?

    Por isso, vamos te ajudar por meio de um passo a passo para que a sua empresa tenha muitos resultados positivos.

    Passo a passo para implementar benefícios para colaboradores:

    1. O primeiro passo é entender o perfil da sua equipe, inclusive a média da idade dos colaboradores, a escolaridade, quem são eles, o que precisam e o que gostam de fazer fora da jornada de trabalho. Esses são alguns questionamentos que você pode levar em consideração nesta ação, mas fique à vontade para usar a criatividade.

    2. Liste os principais benefícios que compactua com o propósito de vida dos colaboradores, com os perfis dos profissionais que a empresa quer atrair do mercado e também aqueles que afirmam a cultura organizacional da empresa.

    3. Após, avalie quanto a empresa tem de verba disponível para implementar uma política de benefícios.

    4. Analise os benefícios que são oferecidos pelo mercado, inclusive estar por dentro das tendências e o quanto a escolha refletirá na transformação do clima organizacional da empresa. Espie o concorrente para disputar espaço competitivo na contratação dos melhores talentos.

    5. Com a aprovação dos benefícios, envolva os colaboradores, e mostre o quanto a empresa preza pelo seu desenvolvimento e bem-estar.

    Desta forma, a empresa estará um passo à frente das dificuldades que possam surgir perante a motivação dos seus colaboradores.

    Importante! Os benefícios devem sempre ser revistos, inclusive como está sendo a aderência pelos colaboradores e o impacto que está causando em ambas as partes (empresa e colaborador).

    Controle de ponto como indicador de qualidade

    Os benefícios são essenciais para manter os colaboradores bem engajados, mas não é só isso. 

    O controle de ponto pode ser eficiente para identificar o clima organizacional, bem como possíveis problemas internos e falta de engajamento com a empresa. 

    Por isso, ter uma plataforma de controle de ponto eficiente pode ajudar a sua empresa em dois fatores: enxergar um dos indicadores de clima que dará indícios se os seus benefícios são eficientes, e também impacta diretamente o trabalho operacional do setor de RH. 

    Quando os colaboradores utilizam sistemas que tiram a burocracia da sua rotina, otimizam o tempo gasto anteriormente em tarefas manuais, e isso reflete positivamente em uma melhora na produtividade.

    Sabemos o quanto é importante melhorar os processos na empresa, por isso, a Ponto Icarus realiza a gestão completa da jornada do colaborador por meio de um sistema que pode ser logado na web ou pelo próprio aplicativo, no modo online e offline.

    O colaborador consegue bater o ponto em qualquer dispositivo com câmera, pois um dos principais diferenciais é o registro por reconhecimento facial. Além disso, à geolocalização onde o profissional fará a marcação é pré-estabelecida pela empresa, o que garante uma segurança nos dados e assertividade.

    Fazer o controle da jornada de trabalho do colaborador pode ser muito mais fácil, e parar de ser a dor de cabeça no fechamento da folha de ponto e de pagamento, por o sistema permitir que seja feito tudo por lá de forma unificada.

    Experimente por 14 dias (clique aqui) ou entre em contato com a gente.

    Conclusão

    Neste artigo você entendeu a importância dos benefícios corporativos para os colaboradores, mas não só isso, vimos que as empresas ao adotar benefícios que correspondem com o perfil do colaborador, faz com que haja o engajamento da equipe e proporcionam um ambiente de trabalho mais feliz.

    Descobriu também quais são os benefícios mais desejados pelos profissionais e o que são cada um deles – os diferenciais que fazem as empresas serem desejadas pelo mercado.

    Além disso, viu que existem benefícios que são obrigatórios pelo regime CLT, como o vale-transporte e a licença maternidade. E não podemos esquecer o que mudou na gestão de benefícios depois da reforma trabalhista em 2017, destacado neste texto.

    Em resumo, você acompanhou o passo a passo para escolher benefícios que tragam sucesso na sua empresa.

    Se você gostou desse tipo de conteúdo, leia também: Tudo sobre banco de horas e hora extra.

    Acompanhe a Ponto Icarus nas redes sociais para receber os nossos conteúdos em primeira mão. =)

    Instagram | Facebook | LinkedIn

  • Elisabeth Botelho

    Jornalista e produtora de conteúdo na Ponto Icarus

    Deixe um comentário