Pressione ESC para fechar


0

Contrato de Trabalho: Um Documento Simples, Mas Fundamental

O que é contrato de trabalho?

O contrato de trabalho é um documento que formaliza a relação de trabalho entre um empregado e um empregador. Ele é obrigatório por lei, e deve ser elaborado por escrito, contendo todas as informações relevantes sobre a relação de trabalho.

Para que servem os contratos de trabalho?

Os contratos de trabalho servem para:

  • Formalizar a relação de trabalho;
  • Elucidar os direitos e os deveres das partes;
  • Criar normas para a relação de trabalho;
  • Proteger as partes em caso de litígios.

O que a legislação diz sobre os contratos de trabalho

A legislação brasileira, especialmente a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), estabelece regras sobre os contratos de trabalho. Algumas das principais regras são:

  • O contrato de trabalho deve conter todas as informações relevantes sobre a relação de trabalho: O contrato de trabalho deve conter informações como as seguintes:
    • Nome e qualificação das partes;
    • Tipo de contrato;
    • Data de início e término do contrato;
    • Função do empregado;
    • Remuneração;
    • Jornada de trabalho;
    • Benefícios;
    • Demais condições específicas da relação de trabalho;
  • O contrato de trabalho pode ser por tempo determinado ou por tempo indeterminado: O contrato de trabalho por tempo determinado tem uma data de término pré-estabelecida, enquanto o contrato de trabalho por tempo indeterminado não tem data de término pré-estabelecida.
  • O contrato de trabalho pode ser suspenso ou rescindido: O contrato de trabalho pode ser suspenso por motivos como doença, acidente ou licença maternidade. O contrato de trabalho também pode ser rescindido por motivos como demissão, justa causa ou pedido de demissão.

O que é uma relação de emprego para a CLT?

Segundo a CLT, uma relação de emprego é aquela em que uma pessoa física, chamada de empregado, presta serviços de maneira não eventual, subordinada a outra pessoa física ou jurídica, chamada de empregador, e recebe um salário pela realização de suas atividades.

Assim, para que exista uma relação de emprego, é necessário que estejam presentes os seguintes elementos:

  • Prestação de serviços: O empregado deve prestar serviços ao empregador.
  • Subordinação: O empregado deve estar subordinado ao empregador, o que significa que deve seguir suas ordens e orientações.
  • Onerosidade: O empregado deve receber um salário pela realização de suas atividades.
  • Não eventualidade: Os serviços prestados devem ser não eventuais, ou seja, devem ocorrer de forma contínua e habitual.

Se um dos elementos acima não estiver presente, não haverá relação de emprego. Por exemplo, se o empregado prestar serviços de forma eventual, não haverá relação de emprego.

Importância dos contratos de trabalho

Os contratos de trabalho são importantes para ambas as partes envolvidas na relação de trabalho. Para o empregado, o contrato de trabalho é uma garantia de seus direitos e deveres. Para o empregador, o contrato de trabalho é uma forma de proteger seus interesses e evitar problemas legais.

Os contratos de trabalho devem ser elaborados com cuidado, levando em consideração todas as regras da legislação trabalhista.

Quais são os principais tipos de contratos de trabalho?

Existem vários tipos de contratos de trabalho, cada um com suas próprias características. Os principais tipos de contratos de trabalho são:

  • Contrato de trabalho por tempo determinado: Este tipo de contrato tem uma data de término pré-estabelecida. Ele é utilizado em situações específicas, como para a realização de um projeto específico ou para a substituição de um empregado afastado.
  • Contrato de trabalho por tempo indeterminado: Este tipo de contrato não tem uma data de término pré-estabelecida. Ele é o mais comum, e é utilizado para a contratação de empregados para cargos permanentes.
  • Contrato de trabalho eventual: Este tipo de contrato é utilizado para a prestação de serviços pontuais, que não ocorrem com regularidade. Ele não gera vínculo empregatício, e o empregado não possui os mesmos direitos que os empregados com vínculo empregatício.
  • Contrato de trabalho temporário: Este tipo de contrato é utilizado para a substituição temporária de empregados afastados, ou para o aumento específico de uma demanda de trabalho. Ele gera vínculo empregatício, mas o empregado possui alguns direitos diferenciados, como a jornada de trabalho de 8 horas diárias e 44 horas semanais.
  • Contrato de estágio: Este tipo de contrato é utilizado para a contratação de estudantes de ensino médio ou superior para a realização de atividades práticas. Ele não gera vínculo empregatício, e o estudante não possui os mesmos direitos que os empregados com vínculo empregatício.
  • Contrato de aprendizagem: Este tipo de contrato é utilizado para a contratação de jovens entre 14 e 24 anos para a realização de atividades práticas. Ele gera vínculo empregatício, mas o jovem aprendiz possui alguns direitos diferenciados, como a jornada de trabalho de 6 horas diárias e 30 horas semanais.

Contrato de trabalho por tempo determinado

O contrato de trabalho por tempo determinado é aquele que tem uma data de término pré-estabelecida. Ele é utilizado em situações específicas, como para a realização de um projeto específico ou para a substituição de um empregado afastado.

A duração máxima do contrato de trabalho por tempo determinado é de 2 anos. No entanto, é possível prorrogar o contrato por mais 1 ano, desde que haja um motivo justificável.

Os contratos de trabalho por tempo determinado não geram os mesmos direitos que os contratos de trabalho por tempo indeterminado. Por exemplo, os empregados contratados por tempo determinado não têm direito a aviso prévio, multa do FGTS e seguro-desemprego.

Para que um contrato de trabalho por tempo determinado seja válido, é necessário que ele preencha os seguintes requisitos:

  • Precisa ser escrito: O contrato de trabalho por tempo determinado deve ser feito por escrito, contendo todas as informações relevantes sobre a relação de trabalho.
  • Precisa ter uma data de término: O contrato de trabalho por tempo determinado deve ter uma data de término pré-estabelecida.
  • Precisa ter um motivo justificável: O contrato de trabalho por tempo determinado só pode ser celebrado se houver um motivo justificável para a sua duração determinada.

Contrato de trabalho por tempo indeterminado

O contrato de trabalho por tempo indeterminado é aquele que não tem uma data de término pré-estabelecida. Ele é o mais comum, e é utilizado para a contratação de empregados para cargos permanentes.

Os contratos de trabalho por tempo indeterminado geram todos os direitos previstos na CLT, como jornada de trabalho máxima, pagamento de horas extras, férias, 13º salário, aviso prévio, multa do FGTS e seguro-desemprego.

Para que um contrato de trabalho por tempo indeterminado seja válido, é necessário que ele preencha os seguintes requisitos:

  • Precisa ser escrito: O contrato de trabalho por tempo indeterminado deve ser feito por escrito, contendo todas as informações relevantes sobre a relação de trabalho.
  • Precisa ter uma data de início: O contrato de trabalho por tempo indeterminado deve ter uma data de início.

Contrato de trabalho eventual

O contrato de trabalho eventual é aquele que é utilizado para a prestação de serviços pontuais, que não ocorrem com regularidade. Ele não gera vínculo empregatício, e o empregado não possui os mesmos direitos que os empregados com vínculo empregatício.

Os contratos de trabalho eventual não precisam ser escritos, mas é recomendado que sejam registrados para evitar problemas.

Para que um contrato de trabalho eventual seja válido, é necessário que ele preencha os seguintes requisitos:

  • Precisa ser não habitual: O contrato de trabalho eventual deve ser celebrado para a realização de serviços não habituais.
  • Precisa ser prestado por pessoa física: O contrato de trabalho eventual deve ser celebrado com uma pessoa física.

Contrato de trabalho temporário

O contrato de trabalho temporário é aquele que é utilizado para a substituição temporária de empregados afastados, ou para o aumento específico de uma demanda de trabalho. Ele gera vínculo empregatício, mas o empregado possui alguns direitos diferenciados, como a jornada de trabalho de 8 horas diárias e 44. Esse tipo de contrato foi instituído pela  lei n°13.429/2017.

O contrato temporário é válido por até no máximo 180 dias, e pode ser prorrogado por mais 90 dias, caso haja um motivo justificável.

Para que um contrato de trabalho temporário seja válido, é necessário que ele preencha os seguintes requisitos:

  • Precisa ser escrito: O contrato de trabalho temporário deve ser feito por escrito, contendo todas as informações relevantes sobre a relação de trabalho.
  • Precisa ter uma data de término: O contrato de trabalho temporário deve ter uma data de término.
  • Precisa haver uma justificativa: O contrato de trabalho temporário só pode ser celebrado se houver uma justificativa para a sua duração determinada.

Contrato de Estágio Profissional

O contrato de estágio profissional é aquele em que o estudante de ensino médio ou superior é contratado por uma empresa para realizar atividades práticas relacionadas à sua formação acadêmica.

O contrato de estágio profissional é regido pela Lei do Estágio, Lei 11.788/2008, que estabelece todas as diretrizes para a contratação de estagiários.

Para que um contrato de estágio profissional seja válido, é necessário que ele preencha os seguintes requisitos:

  • Precisa ser escrito: O contrato de estágio profissional deve ser feito por escrito, contendo todas as informações relevantes sobre a relação de trabalho.
  • Precisa ter uma data de início e término: O contrato de estágio profissional deve ter uma data de início e término.
  • Precisa ser realizado em uma empresa ou instituição conveniada: O contrato de estágio profissional só pode ser realizado em uma empresa ou instituição conveniada com uma instituição de ensino.
  • Precisa ser supervisionado por um profissional qualificado: O contrato de estágio profissional deve ser supervisionado por um profissional qualificado, que será responsável por orientar e acompanhar as atividades do estagiário

Contrato de Trabalho de Jovem Aprendiz

O contrato de trabalho de jovem aprendiz é aquele em que o jovem de 14 a 24 anos é contratado por uma empresa para realizar atividades práticas relacionadas à sua formação profissional.

O contrato de trabalho de jovem aprendiz é regido pela Lei do Aprendiz, Lei 10.097/2000, que estabelece todas as diretrizes para a contratação de jovens aprendizes.

Para que um contrato de trabalho de jovem aprendiz seja válido, é necessário que ele preencha os seguintes requisitos:

  • Precisa ser escrito: O contrato de trabalho de jovem aprendiz deve ser feito por escrito, contendo todas as informações relevantes sobre a relação de trabalho.
  • Precisa ter uma data de início e término: O contrato de trabalho de jovem aprendiz deve ter uma data de início e término.
  • Precisa ser realizado em uma empresa que tenha um programa de aprendizagem: O contrato de trabalho de jovem aprendiz só pode ser realizado em uma empresa que tenha um programa de aprendizagem.
  • Precisa ser supervisionado por um profissional qualificado: O contrato de trabalho de jovem aprendiz deve ser supervisionado por um profissional qualificado, que será responsável por orientar e acompanhar as atividades do jovem aprendiz.

Vantagens do contrato de trabalho de jovem aprendiz

O contrato de trabalho de jovem aprendiz pode ser uma boa opção para as empresas em algumas situações, como:

  • Quando a empresa precisa de um profissional para realizar atividades práticas relacionadas à sua área de atuação.
  • Quando a empresa precisa de um profissional para auxiliar na formação de novos talentos.

Resumindo, a jornada de trabalho prevista em cada contratação é a seguinte:

  • Contrato de trabalho por tempo indeterminado: 8 horas diárias e 44 horas semanais, com possibilidade de pagamento de horas extras.
  • Contrato de estágio: 4 horas diárias e 20 horas semanais para estagiários de nível médio; 6 horas diárias e 30 horas semanais para estagiários de nível superior.
  • Contrato de trabalho de jovem aprendiz: 6 horas diárias e 30 horas semanais.
  • Contrato de trabalho eventual: Sem jornada de trabalho predeterminada, a critério do contratante e contratado.

É importante ressaltar que, independentemente do tipo de contrato, a jornada de trabalho não pode exceder o limite de 10 horas diárias, salvo em casos excepcionais, como trabalho em turnos

FAQ

O que é um contrato de trabalho?

Um contrato de trabalho é um documento que formaliza a relação entre empregado e empregador, sendo obrigatório por lei e essencial para estabelecer os termos da relação de trabalho.

Por que os contratos de trabalho são necessários?

Os contratos são fundamentais para formalizar a relação, esclarecer direitos e deveres, criar normas específicas e proteger as partes em possíveis litígios.

Quais são os principais tipos de contratos de trabalho?

Existem vários tipos, incluindo contratos por tempo determinado, por tempo indeterminado, eventuais, temporários, de estágio e de aprendizagem.

O que a legislação brasileira diz sobre contratos de trabalho?

A legislação, especialmente a CLT, estabelece regras essenciais, como a obrigatoriedade de ser escrito e conter informações sobre as partes, tipo de contrato, data de início e término, função, remuneração, jornada de trabalho, benefícios, entre outras.

Quais são as características do contrato de trabalho por tempo determinado?

Esse contrato tem uma data de término pré-estabelecida, é usado para projetos específicos e pode durar até 2 anos, prorrogável por mais 1 ano com motivo justificável.

E o contrato de trabalho por tempo indeterminado?

É o mais comum, não tem data de término pré-estabelecida e gera todos os direitos previstos na CLT.

Como funciona o contrato de trabalho eventual?

É utilizado para serviços não habituais, não gera vínculo empregatício, e embora não precise ser escrito, é recomendado o registro.

O que caracteriza o contrato de trabalho temporário?

É usado para substituição temporária, tem vínculo empregatício e foi instituído pela lei n°13.429/2017, com duração máxima de 180 dias, prorrogável por mais 90 dias com motivo justificável.

Quais são os requisitos para o contrato de estágio profissional?

Deve ser escrito, ter data de início e término, ser realizado em empresa ou instituição conveniada e ser supervisionado por um profissional qualificado.

E o contrato de trabalho de jovem aprendiz?

Deve ser escrito, ter data de início e término, ser realizado em empresa com programa de aprendizagem e ser supervisionado por um profissional qualificado.

Quais são as vantagens do contrato de trabalho de jovem aprendiz para as empresas?

Pode ser uma boa opção quando a empresa precisa de profissionais para atividades práticas relacionadas à área de atuação e auxílio na formação de novos talentos.

Qual é a jornada de trabalho prevista em cada tipo de contrato?

Varia, mas de forma resumida, o contrato por tempo indeterminado prevê 8 horas diárias e 44 horas semanais, enquanto o de estágio é de 4 horas diárias e 20 horas semanais (médio) ou 6 horas diárias e 30 horas semanais (superior). O contrato de trabalho de jovem aprendiz prevê 6 horas diárias e 30 horas semanais, e o contrato eventual não tem uma jornada predeterminada.

Observações:

  • Os contratos de trabalho podem ser escritos ou verbais, mas a forma escrita é sempre recomendada para evitar conflitos.
  • Os contratos de trabalho devem ser registrados na carteira de trabalho do empregado, sob pena de multas.
  • Os contratos de trabalho podem ser alterados durante o seu prazo de vigência, mas as alterações devem ser feitas por escrito e assinadas pelas partes.
  • O fim do contrato de trabalho pode ocorrer por demissão, por iniciativa do empregador ou do empregado, ou por força maior.

Lembre-se sempre de buscar orientação jurídica para esclarecer quaisquer dúvidas específicas relacionadas ao tema. Veja como a Ponto Icarus pode te auxiliar a manter o controle dos contratos de trabalho, conheça nossas funcionalidades ou entre em contato conosco para um teste gratuito de 14 dias.

Deixe um comentário