Ponto eletronico Digital

NR 17: Diretrizes Ergonômicas para Ambientes de Trabalho – O Que Você Precisa Saber

A NR 17, que significa Norma Regulamentadora 17, é uma legislação brasileira fundamental que estabelece diretrizes para a ergonomia no ambiente de trabalho. A ergonomia é a ciência que estuda a relação entre as pessoas e o ambiente de trabalho, visando otimizar essa interação para promover conforto, segurança, saúde e desempenho no trabalho.

O principal objetivo da NR 17 é assegurar que os locais de trabalho sejam adequadamente adaptados às características físicas e psicológicas dos funcionários. Isso é essencial para prevenir lesões ocupacionais, reduzir o estresse relacionado ao trabalho e melhorar a produtividade e o bem-estar dos trabalhadores.

Ao cumprir as diretrizes estabelecidas pela NR 17, os empregadores garantem um ambiente de trabalho mais seguro e saudável, proporcionando condições ergonômicas que favorecem o bom desempenho das atividades laborais. Essa norma desempenha um papel crucial na promoção da qualidade de vida no trabalho e na prevenção de problemas de saúde ocupacional.

NR 17: o que é?

A Norma Regulamentadora 17 (NR 17), conhecida como NR da Ergonomia, é uma lei brasileira que visa garantir a saúde, o conforto e a segurança dos trabalhadores no ambiente de trabalho. Ela estabelece parâmetros para adaptar as condições de trabalho às características psicofisiológicas dos funcionários, buscando:

  • Conforto: reduzir a fadiga física e mental, prevenir o surgimento de Lesões por Esforço Repetitivo (LER) e Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho (DORT), e aumentar a produtividade.
  • Segurança: diminuir o risco de acidentes de trabalho.
  • Saúde: promover o bem-estar físico e mental dos trabalhadores.
  • Desempenho eficiente: otimizar o rendimento profissional.

O que a NR 17 diz:

A NR 17 abrange diversos aspectos do ambiente de trabalho, como:

  • Mobiliário: cadeiras, mesas, ferramentas e outros equipamentos devem ser ajustáveis e adequados à função do trabalhador.
  • Postura: a norma orienta sobre como manter uma postura correta durante o trabalho para evitar fadiga e problemas de saúde.
  • Ferramentas: devem ser ergonômicas e adequadas à tarefa, para reduzir o esforço físico e o risco de lesões.
  • Ambiente físico: iluminação, temperatura, ruído e outros fatores devem estar dentro dos limites de conforto para o trabalhador.
  • Carga de trabalho: a norma estabelece limites para a quantidade de horas trabalhadas e para o peso que o trabalhador pode levantar.
  • Pausas: a NR 17 garante o direito a pausas para descanso durante a jornada de trabalho.
  • Treinamento: os trabalhadores devem receber treinamento sobre ergonomia e segurança no trabalho.

Fiscalização e penalidades:

O cumprimento da NR 17 é obrigatório para todas as empresas e o descumprimento das normas pode resultar em multas e outras sanções. A fiscalização do cumprimento da NR 17 é realizada por órgãos do Ministério do Trabalho e Previdência (MTP), como as Superintendências Regionais do Trabalho e Previdência (SRTPs).

Quem é o público-alvo da NR-17 e qual é a sua abordagem principal?

A NR-17, também conhecida como Norma da Ergonomia, se aplica a todos os trabalhadores em todos os setores de atividade, tanto no setor público quanto no privado, sem distinção.

Isso significa que, independentemente da sua função, cargo ou local de trabalho, você tem o direito a condições ergonômicas adequadas para realizar suas atividades de forma segura, saudável e produtiva.

A NR-17 abrange desde escritórios e fábricas até obras e serviços em geral, garantindo que os princípios da ergonomia sejam aplicados em diferentes realidades profissionais.

Alguns exemplos de trabalhadores abrangidos pela NR-17:

  • Trabalhadores administrativos: que passam longas horas sentados em frente ao computador, digitando e utilizando outros equipamentos.
  • Operadores de máquinas: que realizam movimentos repetitivos e exigem esforço físico durante a jornada de trabalho.
  • Profissionais da saúde: como enfermeiros, médicos e fisioterapeutas, que estão sujeitos a posturas inadequadas e levantamento de peso durante o atendimento aos pacientes.
  • Trabalhadores da construção civil: que realizam atividades com alto risco de acidentes e doenças ocupacionais, como quedas, lesões por esforços repetitivos e doenças respiratórias.
  • Agricultores: que trabalham em longas jornadas sob o sol e chuva, com exposição a produtos químicos e ergonomia inadequada.

É importante ressaltar que a NR-17 não se aplica apenas aos trabalhadores que executam atividades físicas exaustivas. Todos os trabalhadores, independentemente de sua função, têm direito a um ambiente de trabalho ergonomicamente adequado para prevenir o surgimento de doenças ocupacionais, como LER/DORT, dores nas costas, fadiga física e mental, estresse e outros problemas de saúde.

NR da Ergometria:

A ergonomia no espaço de trabalho é fundamental para garantir a saúde, o conforto e a segurança dos trabalhadores, além de aumentar a produtividade e a qualidade de vida no trabalho.

Benefícios da ergonomia no espaço de trabalho:

  • Redução de doenças ocupacionais: A ergonomia ajuda a prevenir o surgimento de LER/DORT, dores nas costas, fadiga física e mental, estresse e outros problemas de saúde relacionados ao trabalho.
  • Aumento da produtividade: Um ambiente de trabalho ergonômico permite que os trabalhadores realizem suas atividades com mais eficiência e produtividade, reduzindo o tempo de trabalho improdutivo e os erros.
  • Melhoria da qualidade de vida no trabalho: A ergonomia contribui para um ambiente de trabalho mais saudável, seguro e agradável, o que melhora a qualidade de vida dos trabalhadores e reduz o absenteísmo.
  • Redução de custos para as empresas: As empresas que investem em ergonomia no espaço de trabalho podem reduzir custos com afastamentos por doenças ocupacionais, acidentes de trabalho e turnover de funcionários.

Dicas para implementar a ergonomia no espaço de trabalho:

  • Faça uma avaliação ergonômica do ambiente de trabalho: Um especialista em ergonomia pode avaliar o ambiente de trabalho e identificar os pontos que precisam ser melhorados.
  • Ajuste o mobiliário: Certifique-se de que as cadeiras, mesas e outros equipamentos estejam ajustados à altura e à postura do trabalhador.
  • Utilize ferramentas ergonômicas: Escolha ferramentas que sejam adequadas à tarefa e que facilitem o trabalho do operador.
  • Mantenha uma boa postura: Preste atenção à sua postura durante o trabalho e faça pausas regulares para se levantar e se movimentar.
  • Organize o espaço de trabalho: Mantenha o seu espaço de trabalho organizado e livre de objetos desnecessários.
  • Faça pausas para descanso: Faça pausas regulares durante a jornada de trabalho para se levantar, se movimentar e descansar os olhos.
  • Participe de treinamentos em ergonomia: Participe de treinamentos em ergonomia para aprender sobre os riscos do trabalho inadequado e como se proteger.

A última atualização da NR 17 ocorreu em 3 de janeiro de 2022. Essa atualização trouxe mudanças importantes, como:

  • Ênfase na Análise Ergonômica do Trabalho (AET), que passou a ter duas etapas obrigatórias: a Avaliação Ergonômica Preliminar e a AET aprofundada.
  • Maior atenção à alternância de posturas, não priorizando somente o trabalho sentado.
  • Conceito mais amplo de ergonomia, considerando a ergonomia cognitiva, física e organizacional.

FAQ

O que é a NR 17 e qual é o seu objetivo principal?

A NR 17 é uma norma regulamentadora brasileira que trata da ergonomia no ambiente de trabalho, visando garantir saúde, conforto e segurança dos trabalhadores. Seu objetivo principal é adaptar as condições laborais às características psicofisiológicas dos funcionários para prevenir lesões ocupacionais, reduzir o estresse e melhorar a produtividade.

Quais são os principais aspectos abordados pela NR 17?

A NR 17 aborda diversos aspectos fundamentais do ambiente de trabalho, incluindo mobiliário, postura, ferramentas, ambiente físico, carga de trabalho, pausas e treinamento em ergonomia e segurança.

Quem é o público-alvo da NR 17?

A NR 17 se aplica a todos os trabalhadores, tanto no setor público quanto no privado, em todos os setores de atividade, sem distinção. Isso inclui desde trabalhadores administrativos até operadores de máquinas, profissionais da saúde, trabalhadores da construção civil, agricultores, entre outros.

Como a NR 17 é fiscalizada e quais são as penalidades para o descumprimento?

O cumprimento da NR 17 é obrigatório para todas as empresas, e sua fiscalização é realizada por órgãos do Ministério do Trabalho e Previdência. O descumprimento das normas pode resultar em multas e outras sanções.

Quais são os benefícios da ergonomia no ambiente de trabalho e como implementá-la?

A ergonomia no ambiente de trabalho traz benefícios como a redução de doenças ocupacionais, aumento da produtividade e melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores. Para implementá-la, é importante realizar avaliações ergonômicas, ajustar o mobiliário, utilizar ferramentas ergonômicas, manter uma boa postura, fazer pausas regulares e participar de treinamentos em ergonomia.

Inscreva-se e receba o nosso melhor conteúdo!

Conteúdos incríveis sobre produtividade, atualizações e ferramentas!

Deixe um comentário

Pressione ESC para fechar