Pressione ESC para fechar

2 0

Saiba quais os tipos de escalas de trabalho permitidas pela CLT

A CLT, ou Consolidação das Leis Trabalhistas, é o conjunto de leis que rege a relação entre empresas e seus colaboradores. Para que essa relação não seja abusiva, há tipos de escalas de trabalho permitidas, a fim de garantir que o trabalhador tenha seu direito ao descanso e folgas.

De maneira geral, a carga horária máxima para um colaborador em sua jornada é de 8 horas diárias, sendo 44 horas semanais. Porém, existem possibilidades quando o assunto é distribuir essa quantidade de horas de acordo com a necessidade do cargo. Então, há tipos de escalas possíveis e que condizem com áreas específicas de atuação. Acompanhe!

Saiba os tipos de escalas de trabalho permitidas pela CLT

5×1

Na escala 5×1 o trabalhador trabalha 5 dias e tem um dia de folga por direito nesse período, além de um domingo do mês no mínimo. Nesse caso é preciso lembrar o limite de 8 horas diárias e das 44 horas semanais. Sendo assim, são cerca de 7 horas e 20 minutos diários nesse tipo de regime.

5×2

Já a escala 5×2 traz descanso de 2 dias a cada 5 trabalhados, que é uma das mais usadas, trazendo a folga para o fim de semana. Para casos em que seja preciso o funcionário trabalhar em algum desses dias ele recebe o valor da diária em dobro. Assim, distribuindo as horas de trabalho, temos 8 horas e 48 minutos diários.

4×2

Temos também a escala 4×2, que traz turnos mais longos, de 11 horas, sendo em menor quantidade de dias. A cada 4 dias trabalhados por 11 horas, o trabalhador tem direito a 2 dias de folga. Sendo assim, em um mês a 20 dias trabalhados e 10 dias de folga e, por conta das 220 horas trabalhadas, normalmente tem 30 horas extras.

6×1

A escala 6×1 tem 6 dias trabalhados e 1 dia de folga, além disso, a cada 7 semanas o funcionário tem direito a um domingo de folga. E claro que há compensação por meio do recebimento em dobro dos domingos trabalhados por conta do fim de semana.

12×36

Também muito comum em diversas ocupações, a escala 12×36 consiste em 12 horas de trabalho seguidas de 36 horas de descanso. São jornadas que não podem ter pausas, comum em setor industrial, por exemplo. Assim, costumam vir de acordo com as convenções coletivas da ocupação.

18×36

Na escala 18×36 há uma jornada de 18 horas trabalhadas seguidas de 36 horas de descanso. São modelos muito específicos que atendem cargos que não podem ter interrupções, por isso demandam esse período de descanso entre as escalas, como vimos na anterior também.

24×48

Muito comum em sistemas de pedágio ou policiais, é o tipo de escala que também conta com uma jornada de trabalho mais extensa. É a escala 24×48, a qual necessita de uma jornada de 24 horas de turno, com direito a 48 horas de folga.

Como ter controle dos colaboradores

Em todos os casos, as empresas precisam ter atenção à obediência dos horários dos seus colaboradores, para que não tenha prejuízos por diminuição das horas de trabalho. Além disso, para evitar excesso dessas jornadas e problemas com processos trabalhistas. Então, a melhor alternativa é contar com ferramentas tecnológicas, como os pontos eletrônicos.

Os tipos de escalas de trabalho permitidas pela CLT agora você já conhece, precisa apenas lidar com ferramentas para melhor gestão da sua equipe de colaboradores. Aproveite para entrar em nosso site e conhecer tudo sobre nossa solução!


Romero Alcantara

CEO | Ponto Icarus