Como potencializar a proatividade do time

Como estimular a proatividade do time?

A proatividade é uma das características mais valorizadas pelo mercado de trabalho e times de trabalho que possuem essa marca tendem a ser compostos por profissionais que são ágeis e focados, além de possuírem capacidade de antecipação para solucionar desafios e proporem novos projetos.

Dentro das empresas, os líderes são figuras que precisam ter essa característica quase que de forma obrigatória, afinal é esperado de um líder que ele antecipe situações e possua visão além do óbvio. 

Além disso, gestores e líderes providos dessa capacidade podem inclusive incentivar esse comportamento no time de trabalho – o que é muito importante para o crescimento da empresa.

Tendo em vista a importância dessa característica, hoje falaremos a respeito da proatividade, seus benefícios e como os gestores de RH e líderes de instituições podem contribuir para um desempenho focado nessa capacidade.

O que significa ter proatividade no trabalho?

Ter proatividade no ambiente de trabalho trata-se da capacidade que um colaborador possui de tomar atitudes, trazer sugestões e oferecer soluções para problemas – mas sem que lhe tenha sido demandado.

Uma pessoa de perfil proativo tende a ser observadora e objetiva, compreendendo que, na maioria das situações dinamismo e agilidade são cruciais, visto que o tempo é um fator valioso.

Dessa forma, a proatividade no trabalho caracteriza-se como um comportamento vindo da pessoa por uma iniciativa dela, sem antes ter recebido uma ordem. Ou seja, sem que alguém tenha solicitado, a pessoa observa um problema e propõe uma possível solução para ele – que vá de encontro aos interesses da empresa.

Características de um profissional proativo

Proatividade é uma característica de pessoas que possuem autonomia e senso de urgência e isso traz diferencial no cotidiano de uma organização, ajudando a tornar o mercado mais competitivo.

Contar com profissionais aptos a proporem projetos inovadores e soluções para desafios que são comuns dentro das empresas é algo muito buscado e valorizado.

Então, para ter uma atitude proativa no trabalho não precisa ter tarefas e interesses geridos pelos líderes, é ser capaz de antecipar projetos que ajudem a empresa nos seus objetivos.

Mas ser proativo no trabalho não é só isso, inclui também procurar atualização constante na área de interesse, investindo em capacitações e treinamentos que melhorem mais ainda o rendimento pessoal – sem que haja necessidade da empresa apontar isso.

Essa é uma característica muito valorizada nas organizações, devido às exigências do mercado de trabalho que são cada vez maiores, tornando-se extremamente acirrado.

Pensando nesse contexto, ser proativo no trabalho é o resultado de uma combinação das características abaixo:

  • Adaptabilidade;
  • Autoconhecimento;
  • Determinação;
  • Foco;
  • Inconformismo;
  • Iniciativa;
  • Networking;
  • Responsabilidade;
  • Resiliência;
  • Senso de oportunidade;
  • Visão de futuro.

Benefícios da proatividade

Citamos abaixo os principais benefícios de se ter uma postura proativa:

  • Adquire-se maior controle das situações;
  • Mais assertividade nas decisões;
  • Postura flexível, facilitando a adaptação a múltiplos cenários;
  • Amplia o destaque entre colegas ou candidatos em um processo seletivo;
  • Melhora as chances de promoção e crescimento  na carreira;
  • Proporciona um comportamento resiliente frente a crises;
  • Amplifica a visão mais acerca dos problemas;
  • Permite vislumbrar soluções diferenciadas;
  • Fomenta criatividade e inovação.

Proativos, reativos e ativos

Proativos são aqueles que não se acomodam, estando sempre em busca de novas soluções e desafios – o que lhes confere um aumento efetivo da sua produtividade.

Na contramão dos proativos com as características que vimos mais acima no texto, estão os reativos – dotados de um perfil que lhes confere a espera por uma mudança no cenário em que estão inseridos ou ao seu redor para manifestar seu posicionamento e partirem para a ação.

Pode-se definir como o perfil de um indivíduo que apenas reage a determinada circunstância, que são os chamados profissionais reativos. 

Há também os ativos – capazes de ter iniciativa sem esperar por outros e sabendo como agir perante uma situação, o que leva um profissional assim a ter um desempenho razoável na rotina de trabalho.

Entre os dois últimos perfis, o ativo tem mais probabilidade de evoluir, tendo mais facilidade para alcançar a proatividade do que um perfil reativo, por exemplo.

Proatividade X Reatividade

Essas são palavras opostas. Para que você entenda melhor: a proatividade causa transformações de forma espontânea ao passo que a reatividade apresenta resposta apenas frente a uma mudança.

O comportamento reativo tende a ser o mais temido pelos gestores e RHs. Porém, no mundo real nem todos são proativos, algumas pessoas são reativas e isso não é necessariamente um defeito – tem mais a ver com o perfil do indivíduo.

Pensando assim, para que haja um equilíbrio entre o time, ser reativo também é algo necessário! Ter um percentual de reatividade presente na equipe – desde que não seja 100% – pode sim ser útil.

Isso porque haverá situações em que é preciso apenas seguir as regras e normas – o que configura ser reativo. 

Portanto, em um time de trabalho o ideal é balancear incluindo componentes de perfis proativos e reativos, trata-se da opção mais acertada.

Diferença entre proatividade e iniciativa

A iniciativa se refere a uma ação imediata, ao passo que a proatividade é um comportamento frequente.

Mesmo um indivíduo de perfil reativo pode tomar a iniciativa em uma determinada situação, porém, ele só vai desenvolver a proatividade se mantiver essa postura a longo prazo.

Dicas para o RH desenvolver a proatividade no trabalho

Para que a proatividade seja marcante em uma empresa – operando como maioria nos times, é importante que o setor de RH incentive esse comportamento de forma constante, não apenas difundindo esse conceito e sua importância para a empresa, mas também elaborando projetos e programas de incentivo.

Como um dos importantes papéis mais importantes da gestão de pessoas é o incentivo e desenvolvimento de práticas, habilidades e comportamentos que sejam importantes para o negócio no time de funcionários, vale lembrar que a proatividade não acontece em instituições em que iniciativas são criticadas ou coibidas.

Sendo assim, a gestão de pessoas e o ambiente organizacional precisam propiciar e motivar as ações que levem o time a estimular e melhorar sua proatividade.

A gestão e o RH também precisam deixar claro ao time o que significa proatividade na empresa a fim de ter um alinhamento de expectativas.

Isso evita que o gestor espere algo grandioso como proatividade, enquanto o time realiza coisas pequenas mas que fazem grande diferença, mas não são reconhecidos por isto, gerando desmotivação.

Selecionamos a seguir dicas para que o RH atue de forma a contemplar o exposto acima.

Incentivar a participação dos colaboradores

Isso pode ser em todos os projetos da empresa – festas institucionais a campanhas internas, pois isso reforça o quanto a instituição valoriza seus funcionários e faz questão de contar com eles em tudo.

Ofereça capacitações e treinamentos

Incentivar a proatividade no trabalho passa pelo investimento em cursos, capacitações, e  treinamentos – cujo foco deve ser o desenvolvimento de pessoas.

Isso impacta nos funcionários que sentem-se cada vez mais valorizados pela empresa e acabam desejando serem proativos nas atividades. Esse movimento também desperta o interesse dos funcionários a mostrarem o que aprenderam.

Valorize e reconheça as conquistas do time

Um funcionário que se sente valorizado pela empresa tem mais chances de querer mostrar seus resultados de forma proativa. E, para isso, a empresa pode investir em premiações (bônus salarial, vouchers, folgas, viagens) além de reconhecer publicamente essas conquistas, assim todos sentem-se incentivados.

Estimule o colaborador a conhecer seu perfil

Quando a pessoa certa é colocada na função ideal ao seu perfil, os resultados para a empresa e para o colaborador tendem a ser melhores.

Então, o RH pode investir em metodologias que ajudem a definir o perfil comportamental dos colaboradores, melhorando sua percepção acerca da atuação na empresa – favorecendo a proatividade.

A personalidade interfere sim na propensão a um comportamento mais ou menos proativo, por isso, é importante que a gestão de pessoas proporcione ações que identifiquem os perfis de cada membro do time.

Estimule o autoconhecimento da equipe

Uma pessoa com autoconhecimento acerca de seus pontos fortes e aqueles passíveis de melhoria tem mais condições de evoluir no cargo e crescer na empresa.

Isso porque apesar de ser desenvolvida no time, a proatividade exige também um esforço individual para o autoconhecimento, de forma que o colaborador possa reconhecer suas responsabilidades dentro do grupo, considerando suas características mais fortes.

Assim, você poderá utilizar estratégias distintas para levar cada um deles a ter mais iniciativa, potencializando suas qualidades e melhorando pontos que sejam necessários.

Apresente as conquistas e avanços da empresa

Ao valorizar as conquistas e o sucesso da empresa, o RH fortalece a importância e a participação de cada um dos colaboradores, que ao entenderem a grandiosidade do negócio, seu impacto na vida das pessoas e seu crescimento, os funcionários criam um senso de pertencimento.

Com esse senso, aumentam-se as chances de que o time queira crescer junto, pois esse tipo de reconhecimento fortalece a percepção de marca empregadora, gerando proatividade no trabalho.

Inspire sua equipe

Uma liderança que dê o exemplo serve como inspiração para todos os componentes do time. Então, a proatividade deve começar pelos líderes.

Planejamento das tarefas a serem executadas

O comportamento proativo é reforçado pela prática de planejamento de cada projeto – estabelecendo metas e prazos a cumprir.

Isso auxilia os membros da equipe a terem mais segurança para assumir o comando quando se mostrar necessário, pois possuem clareza sobre o resultado esperado.

Proatividade é importante e necessária 

A proatividade nas pessoas gera maiores e melhores resultados, sendo uma característica essencial a quem deseja sucesso, seja na carreira ou na vida pessoal, já que essa qualidade nos permite ser criativos e independentes.

Inscreva-se e receba o nosso melhor conteúdo!

Conteúdos incríveis sobre produtividade, atualizações e ferramentas!

Deixe um comentário

Pressione ESC para fechar