Ponto Icarus

Localizado em muitos ambientes corporativos, como escritórios, indústrias, lojas e estabelecimentos comerciais, o ponto eletrônico biométrico é um aparelho comum que proporciona melhor controle das jornadas de trabalho da equipe.

Embora tenha sido disruptivo ao substituir os relógios de ponto que faziam seus registros apenas por cartão ou senha, o registro de ponto por biometria acaba limitando o controle de colaboradores em home office ou em trabalho externo – como no caso de times comerciais e de operações, que passam parte do seu expediente fora da base corporativa.

Neste sentido, os sistemas de ponto eletrônico emergem como uma solução eficaz, com excelente custo x benefício e precisão para que gestores e times de Departamento Pessoal mantenham o controle de horas trabalhadas, respeitando as legislações vigentes.

Mas controle de ponto por biometria e ponto eletrônico não são a mesma coisa? É exatamente esta dúvida que vamos tratar neste artigo. Entenda a seguir estes tipos de controle de ponto!

Tipos de sistema de ponto eletrônico

O termo “eletrônico” pode acabar gerando dúvidas no Departamento Pessoal entre os tipos de controle de ponto. Nesse caso, é importante lembrar que existem formas diferentes de registrar o ponto de maneira digital.

Ponto biométrico

Este é o tipo de controle de ponto tradicional que, embora eletrônico, necessita de presença física para que a biometria seja registrada naquele ambiente.

Como citamos acima, o surgimento do ponto eletrônico biométrico foi uma revolução para os sistemas antigos de cartão e senha, já que eram passíveis de adulteração.

Porém, tornam-se ineficientes para muitas das rotinas de algumas equipes que têm colaboradores externos e/ou times em trabalho remoto.

Ponto eletrônico 

Já o sistema de ponto eletrônico é uma revolução para o Departamento Pessoal e para os colaboradores, visto que permite o registro do colaborador de qualquer lugar, através do celular, por meio de reconhecimento facial e com geolocalização.

Além de garantir segurança, rapidez e precisão para o colaborador, possui uma série de atributos que otimizam a rotina dos gestores, podendo ser adaptado para todos os formatos de trabalho: presencial, externo, remoto e até em viagens corporativas.

Como funciona o sistema de ponto eletrônico?

O sistema de ponto eletrônico é uma forma de autenticação biométrica que utiliza uma câmera – do celular ou computador – para capturar a imagem do rosto do colaborador e compará-la com as informações de registro armazenadas no sistema.

Altamente preciso, é considerado uma forma mais segura de autenticação do que o registro de ponto por biometria, já que é difícil de ser falsificado ou reproduzido. Inclusive, sua agilidade reduz o tempo de espera para a batida de ponto.

Além de melhor experiência para o colaborador, o sistema de ponto eletrônico fornece a opção de ativar a geolocalização, registrando a posição do colaborador no momento da marcação de ponto através do GPS do dispositivo do indivíduo.

Para líderes e gestores, o sistema oferece vantagens adicionais que garantem conformidade com a portaria 671 do Ministério do Trabalho, e também com a LGPD. e otimizam as rotinas do Departamento Pessoal, tais como:

  • Cálculos automáticos de salários e pagamentos a partir dos registros coletados;
  • Relatórios e dashboards em tempo real para acompanhar a jornada dos colaboradores;
  • Integração com sistema de folha de pagamento;
  • Armazenamento dos dados em nuvem para acessá-los de qualquer lugar.

Ponto biométrico ou ponto eletrônico: qual escolher?

Se a sua empresa possui times externos e/ou trabalho remoto e híbrido, certamente o ponto eletrônico será mais benéfico e preciso para acompanhar a presença e ausência dos colaboradores.

Porém, mesmo que atualmente sua empresa conte apenas com colaboradores no modelo presencial, sabia que mesmo assim o ponto eletrônico pode ser mais eficiente do que a instalação de ponto biométrico? Veja o por quê:

Menor custo

Por se tratar de uma solução que não depende de instalação de pontos físicos, seu custo tende a ser menor do que um sistema de ponto biométrico.

Dados em tempo real 

Poder consultar as informações de qualquer dispositivo, acompanhando as atualizações dos colaboradores por meio de dashboards e relatórios facilita a rotina de gestores de equipe e departamentos pessoais.

Cálculos automáticos por integração 

A integração com sistema de folhas de ponto e os cálculos automáticos feitos pelos sistemas de ponto eletrônico também são verdadeiros aliados dos times, economizando tempo dos profissionais com tarefas manuais.

Para você, gestor, que deseja fazer a diferença no dia a dia, que tal incorporar tecnologia ao seu sistema de controle de ponto? 

Agora que você já conhece os tipos de controle de ponto e sabe a diferença entre ponto eletrônico e ponto eletrônico biométrico, queremos te apresentar a revolução dos sistemas de ponto! 

Com a Ponto Icarus, você se mantém atualizado com as tendências de mercado, agiliza o trabalho do RH e DP com acesso constante a dados, e mantém sua equipe próxima. Clique aqui e aproveite os 14 dias de teste gratuito!

No mundo corporativo atual, a eficiência na gestão do tempo dos colaboradores é fundamental. Uma ferramenta que vem ganhando destaque é o Ponto Eletrônico Digital, que facilita a administração dos recursos humanos e oferece uma série de vantagens, mesmo quando utilizado offline. Mas o que exatamente é o ponto eletrônico digital e como ele pode beneficiar sua empresa?

O ponto eletrônico digital é um sistema que utiliza tecnologia digital para registrar as entradas e saídas dos colaboradores. Diferente dos métodos manuais, ele garante maior precisão e segurança na coleta de dados. Isso porque elimina erros humanos comuns, como registros incorretos ou perda de informações. Com dados mais confiáveis, as empresas podem tomar decisões mais informadas e melhorar a gestão do tempo de trabalho, assim como agilizar momentos de fechamento e obviamente, o dia-a-dia dos colaboradores, desburocratizando essa tarefa.

Quantos Funcionários Precisam Ter Ponto Eletrônico?

De acordo com o artigo 74 da CLT, empresas com mais de 20 funcionários são obrigadas a adotar algum sistema de controle de jornada. Embora a legislação não determine o tipo de sistema a ser adotado, a escolha do ponto eletrônico traz benefícios em termos de modernização, segurança e precisão.

Tipos de Ponto Eletrônico

Existem três tipos principais de pontos eletrônicos: com cartão, biométrico e digital. Cada um possui suas características e funcionalidades específicas, como marcação à distância, reconhecimento biométrico e integração com sistemas de folha de pagamento.

Vantagens em Adotar Ponto Eletrônico

  • Praticidade no Controle de Ponto: Facilita a marcação diária e correta do ponto, permitindo registros à distância.
  • Eficiência na Gestão de Profissionais Externos: Permite o acompanhamento de equipes externas com recursos de geolocalização.
  • Precisão no Controle do Banco de Horas: Simplifica o controle do banco de horas, garantindo mais precisão nos cálculos.
  • Redução de Fraudes no Registro de Ponto: Evita fraudes com identificação biométrica e registros em tempo real.
  • Otimização na Rotina do DP: Automatiza tarefas do departamento pessoal, possibilitando uma atuação mais estratégica.
  • Redução de Ações Trabalhistas: Minimiza erros e irregularidades no controle de jornada, reduzindo o risco de processos trabalhistas.
  • Redução de Custos: Diminui custos diretos e indiretos, como horas extras e despesas administrativas.

Funcionalidades do Ponto Eletrônico Digital:

  • Precisão e Confiabilidade: Elimina erros comuns nos registros manuais, garantindo dados precisos e confiáveis.
  • Facilidade de Acesso e Monitoramento: Permite o acesso aos dados de qualquer lugar e a qualquer momento, facilitando a gestão remota.
  • Segurança dos Dados: Utiliza tecnologias avançadas de segurança, como criptografia, para proteger as informações dos colaboradores.
  • Integração com Sistemas: Permite a integração com sistemas de folha de pagamento e gestão de RH, automatizando diversos processos.

Outra vantagem significativa é a eficiência operacional. Ao automatizar o processo de registro de ponto, o ponto eletrônico digital reduz a carga de trabalho do departamento pessoal (DP) e do RH. Isso permite que essas equipes se concentrem em tarefas mais estratégicas, como desenvolvimento de políticas de RH e planejamento de carreira dos colaboradores.

A tecnologia por trás do ponto eletrônico digital é bastante diversa. Muitos sistemas utilizam biometria, como impressões digitais ou reconhecimento facial, para autenticar a identidade dos colaboradores, evitando fraudes. Outros utilizam cartões de proximidade ou senhas, métodos práticos e rápidos adequados para empresas de todos os tamanhos. Para organizações com colaboradores externos, os aplicativos móveis são uma excelente solução, permitindo que o ponto seja registrado de qualquer lugar, utilizando GPS para verificar a localização. Além disso, muitos sistemas são projetados para funcionar offline, armazenando os dados localmente e sincronizando-os automaticamente assim que a conexão é restabelecida.

Legislação

No Brasil, Portaria 671, publicada em novembro de 2021, representou uma importante atualização legislativa no contexto do ponto eletrônico para empresas substituindo as portarias anteriores. Ao unificar diretrizes e estabelecer requisitos para o Registro Eletrônico de Ponto (REP), essa legislação trouxe maior clareza e segurança jurídica para as organizações. Agora, as empresas têm orientações claras sobre os tipos de sistemas de registro de ponto permitidos, como:

  • REP-C – Registro de ponto convencional.
  • REP-A – Conjunto de equipamentos e programas de computador com sua utilização destinada ao registro da jornada de trabalho.
  • REP-P – Programa de registro eletrônico de ponto via sistema, que inclui os coletores de marcações, o armazenamento dos dados de registro de ponto e o programa de tratamento de ponto.

 Além disso, a portaria definiu a obrigatoriedade da emissão de comprovantes para cada registro efetuado, seja em formato impresso ou eletrônico, aumentando a transparência e confiabilidade do processo de controle de jornada.

Ao escolher um sistema de ponto eletrônico digital, é importante considerar alguns fatores. O tamanho da empresa e o tipo de atividade são determinantes, pois empresas menores podem preferir soluções mais simples e econômicas, enquanto grandes organizações podem necessitar de sistemas mais robustos. Também é crucial listar as funcionalidades essenciais, como biometria, integração com sistemas de folha de pagamento e relatórios customizáveis, para escolher uma solução que atenda a todas as necessidades da empresa. A conformidade legal deve ser verificada para garantir que o sistema escolhido esteja em conformidade com as regulamentações locais. Por fim, avaliar o custo-benefício das opções disponíveis ajudará a encontrar um bom equilíbrio entre preço e funcionalidades. Aqui na Ponto Icarus você encontra funcionalidades exclusivas, além de 14 dias de teste grátis! Entre em contato hoje mesmo e inicie o teste com nossos atendentes!

FAQ sobre Ponto Eletrônico Digital:

  • O que é o ponto eletrônico digital?
    • É um sistema que utiliza tecnologia digital para registrar as entradas e saídas dos colaboradores.
  • Quais são as vantagens do ponto eletrônico digital?
    • Precisão, segurança dos dados, facilidade de acesso e conformidade legal são algumas das vantagens.
  • Quais tecnologias são utilizadas no ponto eletrônico digital?
  • Biometria, cartões de proximidade, senhas e aplicativos móveis são algumas das tecnologias utilizadas.
  • Como escolher o melhor sistema de ponto eletrônico digital?
    • Considere o tamanho da empresa, o tipo de atividade, as funcionalidades necessárias e a conformidade legal ao fazer sua escolha.

Pejotização é um termo que surgiu a partir da figura da Pessoa Jurídica. Em resumo, ele descreve a situação em que serviços são contratados através da criação de uma empresa pelos prestadores. 

Por ser um fenômeno recente no mercado de trabalho, a pejotização acabou gerando controvérsias e adquiriu um tom pejorativo. 

Ocorre que, em algumas situações, o empregador usa este recurso para maquiar a relação de trabalho e reduzir direitos trabalhistas. 

Neste artigo você vai ver vantagens, desvantagens e os riscos envolvidos para empregador e empregado, além de dicas para uma maior segurança jurídica. 

Nova realidade no mercado de trabalho?

Considerando o ambiente econômico brasileiro, com poucas vagas de emprego formal e grande número de desempregados, não é difícil entender por que a pejotização ganha cada vez mais presença em todas as partes do país. 

O fenômeno, que já vinha tomando corpo, tornou-se mais intenso com a pandemia, que trouxe consigo crise sanitária, financeira e política, gerando ainda mais instabilidade econômica. 

O impacto deste cenário no mercado de trabalho foi medido pela última Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad), do IBGE, divulgada em junho de 2022.

Menos de 40% dos trabalhadores são CLT

O levantamento registrou 96,5 milhões de pessoas ocupadas no trimestre encerrado em abril deste ano. Entre elas, apenas 36,4% ou 35,2 milhões trabalham sob o regime CLT, quer dizer, têm carteira de trabalho assinada.

Ainda, segundo a pesquisa, 12,5 milhões trabalham para a iniciativa privada, mas sem carteira assinada, e 25,5 milhões são trabalhadores por conta própria. 

Entre os trabalhadores por conta própria e sem carteira estão os que recebem remuneração via Nota Fiscal, com CNPJ aberto como MEI (Microempreendedor Individual). 

Eles se transformaram em “pessoa jurídica” ou PJ para continuar no mercado de trabalho. 

Benefícios e desvantagens da pejotização para os empregados

Antes de mais nada, vale destacar que o trabalhador PJ não tem vínculo empregatício, ou seja, recebe por projeto realizado, conforme estipulado em contrato.

Isto significa dizer que não tem os direitos do empregado comum, como 13°, férias + 1/3, vale-transporte, FGTS e, em caso de demissão, multa de 40% do FGTS e seguro-desemprego

Talvez você pergunte, então:

Em que circunstância vale a pena a pejotização?

Para o trabalhador, compensa quando ele busca autonomia e liberdade para cuidar da sua vida profissional e organizar as próprias atividades.

Vale a pena também quando o trabalhador decide cuidar da sua remuneração, uma vez que, para isso, basta contratar outras empresas e pegar mais projetos.

Esta autonomia dá ao PJ a possibilidade de montar a sua própria agenda, pois não se vincula a uma jornada diária, permitindo grande flexibilidade e liberdade econômica e financeira.

Por outro lado, há obrigações.

O PJ deve fazer o recolhimento dos impostos e fugir da sonegação para manter o CNPJ em dia. 

A tributação mais utilizada é o Simples Nacional, por ser mais fácil, menos burocrática e menor exposição a multas do fisco, pagando impostos entre 6% e 15% da remuneração bruta.

Vale ressaltar que os profissionais intelectuais, como por exemplo médicos e arquitetos, devem declarar parte da sua remuneração como pró-labore. Chegando a 30% do faturamento, serão descontados 11% de INSS.

Dessa forma, para ter direitos previdenciários, como licença-maternidade, auxílio-doença e aposentadoria, o PJ deve se cadastrar no INSS.

Qual a diferença entre pejotização e terceirização?

A terceirização ocorre quando a contratada é outra empresa que presta o serviço. 

Neste caso, os funcionários da contratada são admitidos pela CLT e, por isso, é a responsável legal pelas relações de trabalho.

Dessa forma, é a contratada quem mantém o vínculo empregatício e os direitos de seus colaboradores em dia. 

A principal diferença da pejotização para a terceirização está clara no que diz respeito aos direitos trabalhistas, uma vez que, na pejotização, o próprio “dono” da empresa é o prestador dos serviços e não tem nenhum garantidor dos seus direitos pelo trabalho prestado. 

Isso nos leva à segunda diferença que é a pessoalidade. Em outras palavras, na pejotização, o serviço só pode ser prestado pelo mesmo profissional. 

Já na terceirização, ao contrário, os funcionários podem ser alterados, não mantendo vínculo com a empresa onde estão atuando.

Quais são os riscos da pejotização para a empresa?

Antes de mais nada, vamos esclarecer uma coisa: a pejotização, por si só, não é crime, porém, pode se tornar crime quando é utilizada para burlar a legislação e fraudar as relações de trabalho.

No Direito do Trabalho, vale mais a realidade sobre a forma, posto que importa mais o que efetivamente acontece do que aquilo que está formalizado entre as partes. Em suma, vale o que é observado na prática e não o que foi escrito no contrato.

Assim sendo, a empresa contratante pode ser judicialmente autuada, caso se comprovem as características de vínculo de emprego.

Ainda, ela assume todos os encargos que deveria ter pagado ao trabalhador como se ele fosse seu funcionário: tributos, férias, 13º salário, dentre outros. 

Também há multa e pena de detenção, conforme o artigo 203 do Código Penal: “Frustrar, mediante fraude ou violência, direito assegurado pela legislação do trabalho. Pena: detenção de um ano a dois anos e multa, além da pena correspondente à violência”.

A dívida trabalhista, aliás, pode superar os limites da empresa, alcançando até mesmo o patrimônio dos sócios. 

Vale lembrar também que, para trocar o regime CLT para PJ de um funcionário já contratado, a empresa deve guardar um lapso temporal de 18 meses. 

Como a empresa pode se proteger?

Primeiramente, a empresa só deve contratar PJ se for coerente com o modelo de trabalho adotado pela organização.

Veja se é necessário que a pessoa tenha uma rotina com horários específicos, mediante subordinação. Se realmente for, não deve fazer a pejotização.

A melhor maneira de a empresa se resguardar do ponto de vista jurídico é manter sempre em dia todos os registros das jornadas de trabalho. 

Para isso, ela pode fazer a gestão eletrônica do ponto, na qual todas as entradas e saídas são apontadas e arquivadas automaticamente, inclusive com geolocalização. 

Existem inúmeras outras vantagens deste sistema que você pode verificar agora, lendo o artigo “Registro de ponto: qual a importância para sua empresa e seus colaboradores?”

Você também pode acessar este link e fazer uma avaliação gratuita da Plataforma Ponto Icarus por 14 dias. 

Aguardamos sua visita!

É senso comum que as empresas precisam encarar a transformação digital com urgência, entretanto, na prática, promover o uso de tecnologia nas empresas tem se revelado extremamente desafiador. 

Essa estratégia tornou-se ainda mais complexa depois do impacto da pandemia do Covid-19. Os consumidores mudaram drasticamente para canais digitais, segundo pesquisa da consultoria McKinsey, uma das mais respeitadas no mundo. Nesse período, pelo menos 80% das interações da McKinsey com clientes foram de natureza digital.

Os entrevistados relataram mudanças em várias áreas, como no aumento significativo do trabalho remoto, nas necessidades dos clientes, novas sensibilidades de saúde e higiene e preferências dos clientes para interações on-line. 

Eles também demonstraram ter duas vezes mais chances de acreditar que essas mudanças permaneceriam após a pandemia do que esperar por um retorno ao normal pré-crise.

As mudanças vieram para ficar?

Mais recentemente, a mesma consultoria fez outra pesquisa global. Um ano depois da pandemia, o estudo analisou de perto como as empresas estão repensando o papel da tecnologia digital em sua estratégia geral e como conduzir os negócios no ritmo acelerado.

Constatou-se que não é apenas o ritmo que mudou com a crise do COVID-19. De acordo com a nova pesquisa da McKinsey, muitos entrevistados reconhecem que os modelos de negócios de suas empresas estão se tornando obsoletos. 

Apenas 11% acreditam que os modelos atuais serão economicamente viáveis ​​até 2023, enquanto outros 64% dizem que as suas empresas precisam construir novos negócios digitais para ajudá-los a chegar lá.

Quais os benefícios do investimento em tecnologia para o seu negócio?

Como já mencionado, o maior e mais importante benefício é garantir a sobrevivência do negócio já no curto prazo, uma vez que a transformação digital está ocorrendo muito velozmente e isso ocorre exatamente porque deixa a empresa mais rápida e leve, permitindo uma vantagem competitiva perante seus concorrentes. 

Assim sendo, a empresa reduz burocracias, elimina gastos e as ações de mercado tornam-se mais inteligentes e conectadas às necessidades do cliente. Vejamos estes benefícios com mais detalhes:

  1. Comunicação e Conectividade

A tecnologia deixa a equipe com mais canais de compartilhamento de dados, como chats, e-mails, redes sociais e bate-papos em plataformas corporativas e softwares especializados. Dessa forma, os colaboradores podem trocar informações em tempo real. Isso acelera a comunicação e potencializa a rotina de trabalho, contribuindo para mais facilidade e agilidade, eficiência e eficácia.

2.            Fluxo de Processos

A empresa poderá elevar seus procedimentos ao nível máximo de qualidade com o apoio da tecnologia. As ferramentas oferecem uma ampla variedade de funcionalidades para a execução das atividades, dispensando os meios manuais. Com a automação, o fluxo de processos ganha mais flexibilidade, evitando prejuízos com perda de dados, gastos com impressão, papel e procura por documentos. 

3.            Acesso às informações

Como todos os registros são compartilhados digitalmente, eles podem ser acessados por meio de qualquer dispositivo móvel ou computador. Isso dinamiza a rotina de trabalho, facilitando a realização de reuniões e a consulta de informações durante alguma tarefa ou diálogo entre os integrantes do time. Dessa maneira, o trabalho em equipe torna-se mais dinâmico e efetivo, aumentando a produtividade.

4.            Maior segurança

Com o uso da tecnologia, os documentos podem ser protegidos com senhas e armazenados em grande volume em plataformas seguras que evitam perdas de registros. Isso confere à empresa total segurança jurídica, uma vez que, depois de registrados, os dados não podem mais ser alterados, como no caso do sistema on-line de ponto eletrônico da Ponto Icarus. 

5.            Redução de Custos

Nos processos manuais, a empresa tem muitos gastos com documentação, correio e telefonia. Ao adotar um sistema informatizado, os documentos podem ser compartilhados e assinados digitalmente na própria plataforma, podendo ser visualizados pelos dispositivos eletrônicos dos próprios colaboradores. Adeus despesas com malotes, transportes e cópias de documentos!

6.            Maior Produtividade

O emprego de tecnologia avançada deixa as tarefas operacionais mais racionalizadas, reduzindo o número de etapas e profissionais envolvidos em cada demanda. O uso dos recursos é otimizado e a empresa poupa tempo. Com isso, o orçamento fica menor. Em outras palavras, a empresa consegue fazer muito mais com bem menos, o que representa maior produtividade e lucratividade. 

Dicas de como implantar a melhor tecnologia na sua empresa

Primeiro, escolha a tecnologia pela perspectiva de quem vai utilizá-la no dia a dia. Tenha seu time em mente. O recurso de nada vai adiantar se a sua utilização não for fácil e intuitiva.

Comunique bem os objetivos da empresa com a implantação da nova tecnologia e mantenha seu time como um aliado no processo de mudança. Reforce as vantagens que cada profissional ganha com ela. 

Ao mesmo tempo, personalize o treinamento e crie familiaridade e afinidade com a tecnologia digital. Incentive o interesse por novidades. Faça um passo a passo detalhado e tire todas as dúvidas quando elas aparecerem.

Mantenha os gestores alinhados com a proposta de mudança e verifique se eles estão atuando como agentes facilitadores. 

Outra dica importante é identificar os funcionários influenciadores, aqueles que se empolgam com novas tecnologias e podem contaminar positivamente aos demais no processo de implantação.

Tente incorporar a nova tecnologia na rotina do time. Em reuniões, peça para que mencionem dados que são obtidos pela nova ferramenta, faça referências a relatórios e mande notificações de acompanhamento para estimular as pessoas que ainda não estão habituadas com a novidade. 

Dê o primeiro passo

A porta de entrada da tecnologia na sua empresa pode ser o ponto eletrônico. Este é um ótimo começo para introduzir seu time na utilização de uma ferramenta tecnológica completa e que facilita o dia a dia dos colaboradores. 

Para ter mais informações sobre o sistema da Ponto Icarus, leia o artigo “7 motivos para investir na gestão de ponto de sua empresa”. 

Você também pode acessar este link e fazer uma avaliação gratuita por 14 dias. 

Na Ponto Icarus trabalhamos para economizar seu tempo. No nosso dia a dia, estamos do lado de nossos parceiros, conversando sobre os desafios da gestão de pessoas e como nossa plataforma de ponto eletrônico pode ajudar ainda mais.

Nessas conversas, detectamos algumas dúvidas recorrentes e resolvemos respondê-las neste post. 

São 9 as perguntas mais frequentes e esperamos que elas ajudem você a escolher o melhor sistema de ponto eletrônico online para sua empresa. 

Mas, antes, vamos dar uma olhada nos diferenciais da Ponto Icarus

Melhoria constante – Além de ser uma plataforma de ponto eletrônico, a Ponto Icarus também promove melhorias nos processos da empresa, sobretudo nas áreas de Recursos Humanos e Departamento Pessoal. 

Sistema Multiplataforma – Você pode acessar a Ponto Icarus por diversos dispositivos e em qualquer hora e lugar. Pelo navegador, acesse sua área de gestão através do desktop.. Pelo celular, com uma interface intuitiva e amigável para os colaboradores. Pelo tablet, fixado na parede para facilitar a batida do ponto. Além de outros dispositivos e integrações. 

Processos automatizados – Envios de notificações e alertas. Distribuição de documentos em PDF e coleta de assinatura eletronicamente. Reconhecimento facial e geolocalização. Dashboards e relatórios inteligentes para tomadas de decisões em tempo real. 

O que mais você precisa saber sobre nossa plataforma de ponto eletrônico?

  1. O sistema de ponto eletrônico é legal?

Sim. Com o avanço da tecnologia também a legislação trabalhista vem se atualizando. Hoje já é possível adotar legalmente formas alternativas de registro, como computadores e celulares, por exemplo. 

Atualmente, tudo está regulamentado pela Portaria 671, de novembro de 2021, conhecida como “A Lei do Ponto Eletrônico”. Ela substituiu as portarias anteriores: 1510 e 373. Além de estabelecer normas para o uso do ponto eletrônico pelas empresas, ela também indica parâmetros para os desenvolvedores desses sistemas. 

  1. O ponto eletrônico registra a localização?

Sim. Esta é uma das novas funcionalidades que a tecnologia permite e está regulamentada. O funcionário baixa o aplicativo de ponto eletrônico e registra os horários de onde estiver, dentro da área delimitada pela empresa. Dessa forma, o gestor vai saber onde ele bateu o ponto. 

Este recurso é ideal para o teletrabalho ou para colaboradores que exercem suas funções externamente, como motoristas e vendedores. A geolocalização ganhou ainda mais importância com a pandemia do novo coronavírus, que ampliou a flexibilização da jornada de trabalho e o home office.  

  1. E se o funcionário bater o ponto da cama dele, ao invés de bater aqui no escritório?

Neste caso, vale lembrar que a empresa pode delimitar a área em que o ponto pode ser registrado. Isto pode ser feito informando um local, um endereço ou coordenadas de GPS. E ainda é possível determinar o raio, por exemplo, 20 metros.

Dessa maneira, o gestor saberá com segurança que ele está no endereço estabelecido e dentro do perímetro configurado pela empresa. 

  1. Existem maneiras de burlar o sistema?

Não. O ponto eletrônico usa o reconhecimento para validar o ponto. Caso o funcionário tente burlar sua localização, o aplicativo identifica e, enquanto ele estiver tentando, o sistema irá alertá-lo para o procedimento correto no registro.  

Você pode ainda elaborar um documento com as regras de marcação de ponto, deixando claros os procedimentos de registro e definindo as ações que podem ser tomadas em caso de tentativa de fraude. Facilite o acesso a este documento.

  1. O sistema funciona offline?

Sim. Mesmo sem internet, o sistema armazena todas as informações em seu banco de dados. Quando a conexão volta, os apontamentos são transmitidos automaticamente para o servidor. Assim, as marcações podem ser consultadas a qualquer momento.

Nesse ínterim, não há como alterar ou excluir os dados registrados pelo funcionário, o que torna o sistema imune a fraudes. Caso ocorra algum erro, ele mostra e aponta o porquê. 

  1. Eu tenho que pagar pelo suporte?

Não. A Ponto Icarus não é apenas um “controle de ponto eletrônico”. Nosso propósito é apoiar integralmente as estratégias de RH, descomplicar os processos e otimizar o tempo. Por isso, dispomos de um suporte rápido e eficiente, sem nenhum custo adicional.

  1. Se precisar, posso cancelar a qualquer momento?

Sim. Como nosso objetivo maior é melhorar a gestão de recursos humanos, temos a convicção de que a Ponto Icarus vai desempenhar um papel essencial na sua empresa e, especialmente, no seu departamento de RH.

Isso para nós é tão verdadeiro que não nos preocupamos com a possibilidade de você cancelar conosco. Agora, caso sua empresa precise, não se aflija. Nós não vamos cobrar multa por isso. 

  1. Eu tenho várias lojas, vocês cobram por loja/CNPJ?

Não. A Ponto Icarus cobra pela quantidade de funcionários. E isso é mais um benefício, principalmente para quem trabalha com rede de lojas. 

Como as atividades são muito descentralizadas, torna-se difícil gerenciar o ponto de todos os times. Além do que, o envio de malotes com a folha ou livro de ponto pode atrasar o fechamento e gerar multas. Nesse sentido, o ponto eletrônico é peça fundamental para a gestão do RH, independentemente do local ou da distância entre as lojas.

  1. Vi que vocês têm vários módulos. Tenho que pagar a mais por eles?

Não. Ao pagar a mensalidade, você tem direito de usar todos os módulos e funcionalidades da plataforma, sem taxa extra. E vale destacar que a Ponto Icarus é a solução mais completa do mercado. 

Você pode fazer a gestão do ponto por celular, tablet ou computador, além de integrar com o seu atual relógio de ponto tradicional. Somando-se a isso, o sistema administra e distribui as informações da jornada de trabalho de maneira inteligente, contribuindo para a gestão eficiente do ponto, tanto no trabalho presencial quanto no remoto. 

Por fim

Ficamos felizes em saber que você se interessou em aprender mais sobre a plataforma de ponto eletrônico da Ponto Icarus. 

E você pode ver muito mais, fazendo uma avaliação gratuita de 14 dias. Compare e comprove. Esperamos você:  https://pontoicarus.com.br/#cadastroTrial

Milhares de empresas brasileiras empregam mais de 20 funcionários e todas elas, por exigência de lei, precisam fazer a gestão de ponto. Este registro pode ser feito de forma manual ou eletrônica e um dos modelos mais seguros e eficientes é pelo sistema digital.  

 Independentemente da obrigatoriedade legal, fazer este controle é de extrema importância. 

Sem ele sua empresa não consegue acompanhar a jornada de trabalho dos colaboradores e, por conseguinte, fica sem os dados necessários para a folha de pagamento.

A gestão de ponto online também é uma fonte de segurança jurídica para a empresa. De acordo com dados do Tribunal Superior do Trabalho, os processos mais comuns em 2020 foram referentes à horas extras: 43.906 julgamentos

Este controle minucioso também permite o monitoramento de todos os possíveis gargalos, atrasos, faltas e horas extras desnecessárias. Com estas informações, a empresa pode tomar decisões estratégicas, promovendo maior eficiência e melhoria da produtividade. 

Além disso, reduz drasticamente os erros na folha de ponto, evitando assim pagamentos indevidos.

Por que você precisa adotar a gestão de ponto eletrônico?

Por que a nossa solução de gestão de ponto é a sua melhor opção?

O controle de ponto manual ainda é uma realidade em muitas empresas. Mas, esta é uma situação que precisa mudar. 

O primeiro sistema de marcação manual foi em um livro de ponto, no qual o próprio colaborador escrevia os horários de entrada e saída. Em seguida veio o sistema cartográfico, em que se “bate o cartão”. 

Além de ultrapassados, eles apresentam muitos problemas, como demora na compilação dos dados. 

O processo também favorece a ocorrência de falhas por erro humano, dada a grande carga de trabalho e a necessidade de cumprir prazos, sempre curtos. 

Outro fator é que, ao manter o sistema manual, a análise perde em confiabilidade. Isso porque consentir apenas com odepoimento do funcionário é a única coisa que resta à empresa. E, infelizmente, o registro pode ser adulterado ou forjado. 

Assim como também as informações ficam descentralizadas, o que provoca muita dor de cabeça. Para organizar e consolidar os dados a empresa precisa dedicar mais tempo e recursos. 

E o que ganho com um sistema de gestão de ponto eletrônico?

Cá entre nós, não faz sentido manter o sistema manual num cenário em que os processos empresariais precisam ser cada vez mais ágeis e estruturados. Por isso, a importância de uma gestão de ponto digital e em tempo real. Veja abaixo outros benefícios diretos:

Eficiência operacional.

A tecnologia ajuda a aparar arestas e desfazer entraves, quando inserida na rotina do negócio. Para atingir a eficiência operacional, o primeiro passo é reduzir o desperdício ao máximo. E o ponto eletrônico é fundamental para evitar o retrabalho  desnecessário, identificando condições de melhoria.

Redução de despesas.

Usando softwares específicos, a empresa pode avaliar corretamente a jornada de trabalho e a produtividade da equipe, setor por setor. Dessa forma, ela é capaz de identificar custos que até então passavam despercebidos. Isso sem contar as despesas decorrentes de falhas humanas. 

Transparência.

Os colaboradores têm a segurança de que as informações ficam registradas e não podem ser editadas, têm acesso livre e imediato às informações realmente importantes, o que melhora o clima organizacional. A transparência nas relações de trabalho também possibilita ampliar o engajamento e facilita a gestão de pessoal.

Produtividade.

Com os relatórios do fluxo de trabalho e as análises das horas trabalhadas e das entregas realizadas, a empresa consegue detectar a exata produtividade de cada colaborador. Com isso, melhora-se a distribuição das atividades, corrigindo problemas que podem estar acontecendo.

Transformação Digital.

Apostar em novas tecnologias para deixar a gestão mais efetiva é imprescindível para manter a competitividade. O ponto eletrônico é parte importante deste processo de transformação digital, porque a empresa passa a trabalhar com dados precisos e realistas, dando suporte à tomada de decisão. 

Por que a Ponto Icarus é a sua melhor opção para gestão de ponto?

Por que a nossa solução de gestão de ponto é a sua melhor opção?

A Ponto Icarus é a solução mais completa do mercado. Nosso sistema permite o registro do ponto por celular, tablet, navegador, ou até mesmo através de integração do seu atual relógio de ponto tradicional.

Ainda mais, a plataforma administra e distribui dados e informações da jornada de trabalho de forma inteligente. Isso contribui para uma gestão otimizada no controle de ponto, tanto no trabalho nas empresas ou remoto. 

Veja agora outros benefícios adicionais que farão toda a diferença na sua empresa:  

  1. Flexibilidade.

O sistema de ponto eletrônico da Ponto Icarus tem API aberta. Ou seja, sua empresa pode integrá-lo a plataformas de folha de pagamento, benefícios, REP, contabilidade, etc.

  1. Centralização

Como tudo está em um sistema só, sua empresa deixa de operar parte de forma física e parte digital. Com isso, a gestão de ponto fica centralizada, tendo acesso a relatórios completos e em tempo real. 

  1. Comunicação.

Com a solução da Ponto Icarus, sua empresa vai manter todo mundo bem informado e interagindo, com um sistema de notificação no aplicativo, através de email ou até mesmo notificações push. 

  1. Agilidade.

Qualquer arquivo PDF pode ser distribuído automaticamente na plataforma e os colaboradores podem assinar documentos como holerites e espelhos de ponto com apenas um clique. Tudo online e dentro da lei.

  1. Reconhecimento facial.

Utilizando uma câmera no dispositivo, sua empresa poderá identificar o colaborador pelo reconhecimento facial e, ao mesmo tempo, capturar sua localização no momento do registro.

  1. Facilidade.

Nosso sistema foi pensado para facilitar a vida de todos os envolvidos, tanto dos gestores e dos profissionais de RH como de cada colaborador. Por este motivo, ele é intuitivo, prático e fácil de utilizar.

  1. Segurança.

Todas as informações são criptografadas, o que proporciona segurança jurídica à empresa e proteção dos dados dos colaboradores. Tudo em conformidade com a CLT, Portaria 671 e com a LGPD.

Conclusão

Agora que você já sabe o que é a gestão de ponto e como ela é importante para a competitividade da sua empresa, fica fácil concluir que manter o sistema manual torna-se um empecilho para seu desenvolvimento.

Fica claro também que, para cumprir adequadamente este papel, a plataforma precisa ser completa e atualizada, como a Ponto Icarus. 
E isso pode ser comprovado agora mesmo. Clique aqui, faça uma avaliação gratuita de 14 dias e seja muito bem-vindo.

O registro de ponto nas empresas, mais que uma exigência legal, é um recurso importante que traz benefícios tanto para o empregador como para o funcionário.

O ponto digital serve para comprovar as horas trabalhadas e facilita o trabalho de gestão do setor de Recursos Humanos. 

Não apenas porque permite controlar a produtividade da equipe, como também reduz custos operacionais e diminui o número de ações trabalhistas. 

Além disso, temos o controle de ponto alternativo, que conta com as últimas atualizações da legislação. Leia este artigo até o final e veja como levar segurança jurídica para a sua empresa e seus colaboradores. 

Atualização e evolução tecnológica

A necessidade de uma boa gestão do ponto se torna ainda maior no cenário em que vivemos atualmente, com a flexibilização do trabalho presencial para remoto. Sem dúvida, este movimento foi muito intensificado pela pandemia do Coronavírus. 

Como ocorre em todas as áreas da atividade humana, houve expressiva evolução tecnológica no registro de ponto.  

Começou como manual, em livros de ponto. Depois veio o mecânico, com os cartões de papel. Em seguida surgiu o eletrônico e agora o digital, que permite inclusive a identificação por reconhecimento facial. 

Os desafios do RH para um correto registro de ponto

Antes de mais nada, é fundamental entender o papel relevante dos colaboradores na gestão do ponto. Afinal, eles são os protagonistas desse processo. 

Para que tudo funcione bem, é imprescindível que o registro de ponto seja realizado corretamente, o que exige forte engajamento dos colaboradores.

Entretanto, muitos ainda não conseguem enxergar os benefícios e sentem dificuldade para incorporar o registro de ponto em suas rotinas de trabalho.

Nesse sentido, cabe aos profissionais de RH conscientizá-los e demonstrar que as vantagens não são apenas para a empresa. 

Registro de ponto: qual a importância para sua empresa e seus colaboradores?

5 motivos para fazer o registro de ponto corretamente

Alguns funcionários podem demonstrar receio na hora de fazer perguntas na frente de outras pessoas. Assim sendo, é importante abrir um canal de comunicação direta para tirar dúvidas. Existem soluções digitais muito eficazes para isso. 

Na sequência, pode-se também criar fóruns digitais de discussão em ambiente interno, para compartilhar as informações. Desta maneira, evita-se responder às mesmas perguntas de forma recorrente. 

Aos poucos, as rejeições vão cedendo. Veja agora como mostrar que o correto registro de ponto é importante também para os funcionários:

Controle das jornadas

O colaborador tem como acompanhar cada registro de ponto, horários de entrada e saída, além dos intervalos. A regulamentação indica a disponibilização também de comprovantes, que podem ser emitidos de maneira automática. Desse modo, ele pode conferir tudo no espelho de ponto. 

Eventos extraordinários

Trabalho em hora noturna, domingos e feriados. Todos os eventos de horas extras ficam registrados no sistema de ponto, o que garante ao funcionário a tranquilidade de que não haverá erros ou falhas. Isso é particularmente importante no caso do trabalho remoto ou home office

Conferência permanente

Por determinação da lei, cada colaborador pode solicitar um espelho de ponto com os registros realizados naquele mês. Dessa maneira, ele consegue conferir com suas anotações ou comprovantes, podendo verificar se houve falhas nos lançamentos da folha de pagamento. 

Melhor gestão do tempo

Nesse caso, o correto registro de ponto torna-se um aliado da disciplina e da organização das metas de trabalho. Isso porque o controle da própria jornada ajuda a gerir o tempo, definindo melhor seus turnos de trabalho, respeitando os intervalos e aumentando a produtividade. 

Sensação de segurança

Todo funcionário se sente bem quando percebe que trabalha em uma empresa que zela pelo cumprimento dos direitos de todos. Isso cria um ambiente de trabalho positivo e uma grande satisfação profissional. É deste clima que a empresa precisa para contar com o correto registro de ponto.  

Como funciona o Controle de Ponto Alternativo?

Como citamos anteriormente, a gestão do ponto também tem se beneficiado da evolução tecnológica. Nesse ínterim, também tem ocorrido a modernização da CLT, Consolidação das Leis Trabalhistas.

Para aprofundar seus conhecimentos sobre o que diz a CLT e as últimas atualizações sobre o assunto, você pode ler o artigo “Mudanças nas leis Trabalhistas – Entenda melhor as reformas“, que publicamos aqui no Blog da Ponto Icarus. 

O Controle de Ponto Alternativo se refere ao registro de ponto que permite a marcação da jornada pelos colaboradores, por meio de equipamentos tecnológicos como, por exemplo, celulares, tablets ou computadores.

Atualmente temos três classificações para pontos: 

  • REP-C, Registrador de Ponto Convencional – também é conhecido como relógio de ponto, deve seguir regras específicas de disponibilidade no local de trabalho, extração e impressão de dados para auditoria fiscal e utilização apenas por funcionários da mesma empresa.
  • REP-P, Registrador de Ponto via Programa – inclui todos os coletores de marcação, armazenamento, registro e tratamento de pontos. A solução pode ser executada em ambiente de nuvem com um certificado de registro ou em um servidor próprio.
  • REP-A, Registrador de Ponto Alternativo –  engloba todas as soluções previstas por convenções coletivas e acordos coletivos de trabalho. E é justamente este modelo de marcação de ponto que é explicado no artigo 77 da Portaria 671/21, que substitui a Portaria 373.

Registro de Ponto: Segurança jurídica para empregador e funcionário

Por certo, a relação entre empresa e colaboradores é boa, na esmagadora maioria das vezes. Contudo, quando o vínculo empregatício se encerra, podem surgir divergências. 

Uma das maiores causas de processos trabalhistas no Brasil tem relação direta com o controle de ponto, tais como falta de marcação, horas extras, falhas no registro, falta de intervalos e até excesso na jornada de trabalho. 

Sempre que uma ação trabalhista é aberta, a responsabilidade por apresentar as provas é da empresa. Ela precisa mostrar que fez os registros de ponto corretamente, que pagou todas as horas trabalhadas, etc.

Ou seja, é obrigação do empregador fiscalizar e monitorar a rotina de trabalho de seu colaborador.

Inegavelmente, sua empresa ficará livre de tudo isso se optar por um processo de registro de ponto eletrônico, como a Ponto Icarus. A fim de otimizar ainda mais o trabalho do RH, leia o artigo “3 dicas para melhorar o controle no sistema de ponto da sua empresa“.

Registro de ponto: qual a importância para sua empresa e seus colaboradores?

Conclusão

Uma demanda judicial nunca é a melhor solução, seja para o colaborador, seja para a empresa. Nos dias de hoje, isso é um desgaste indesejável e evitável para ambos.

Por isso, conte com a Ponto Icarus para ajudar na superação deste desafio. 

Faça sua gestão de ponto com respeito à jornada de trabalho máxima, aos intervalos, repouso, férias, correta remuneração e também a uma relação transparente com o colaborador. 

Lembre-se: o controle de jornadas é um recurso importante para empresas e funcionários, previsto em lei e que, com a Ponto Icarus, pode ser gerido de maneira segura e eficiente.

Aproveite e comece agora uma avaliação de 14 dias gratuitos.

1 – Vendemos a Plataforma Completa. Não Vendemos Módulos!

2 – Temos funcionalidades que os nossos concorrentes não tem.

3 – Nossa equipe dedicada ao suporte e sucesso do cliente é a melhor do mercado!

4 – O valor investindo na Ponto Icarus não se compara a redução de custos que a sua empresa vai ter: até 80% em dinheiro e tempo. Além disso, reduza a quantidade de impressões e papéis ao substituir o famoso espelho de ponto em papel pelo digital.

5 – Chega de fazer uma parte do processo digital e a outra física. Realize todo processo em um único lugar! Distribua automaticamente qualquer arquivo em PDF na plataforma, e colha assinaturas importantes dos seus colaboradores para atestar ciência em espelhos de ponto ou folha de pagamento.

6 – Tenha segurança jurídica no registro do ponto dos seus colaboradores e proteja os dados deles! Na Ponto Icarus, as informações são criptografadas, e o sistema está em conformidade com as leis da CLT, Portarias 671 e como a Lei Geral de Proteção de dados!

7 –Com um sistema de ponto eletrônico inteligente como o da Ponto Icarus, a sua empresa tem o ônus da prova para evitar possíveis processos trabalhistas.

8 – Dê automação ao seu RH e DP e transforme o dia a dia desses departamentos para que o tempo seja dedicado ao que realmente importa: às pessoas.

9 – Teste por 14 dias grátis. Agende uma reunião e conte com a nossa equipe para tirar dúvidas sobre nossa solução.

10 – Nascemos para descomplicar a vida das empresas e colaboradores. Por isso, nosso sistema é intuitivo, prático e fácil de utilizar!

Motivo bônus:

*Nosso sistema tem API aberta, e você pode integrá-lo a plataformas de folha de pagamento, benefícios, REP, etc.

Registre-se hoje mesmo e transforme a jornada da sua empresa!

O que é a Ponto Icarus?

A Ponto Icarus é uma plataforma de ponto eletrônico que veio para transformar o dia a dia da gestão de ponto e jornada do colaborador nas empresas.

Através de um novo jeito de tratar o registro de ponto, nosso sistema não registra apenas as horas e os minutos, como também ajuda a empresa e o Recursos Humanos e o Departamento Pessoal a melhorar a capacidade de gestão da jornada dos colaboradores.

Em quais dispositivos eu posso acessar o sistema Ponto Icarus?

Nosso sistema é multiplataforma. Isso quer dizer que você pode acessar por diversos dispositivos e em qualquer lugar.

  • Navegador: acesse sua área de gestão através de um desktop, ou navegador de um dispositivo móvel.
  • Smartphone: o nosso aplicativo de ponto eletrônico foi criado especialmente para os colaboradores. Nossa interface é intuitiva e muito fácil de usar. Por meio dele, a sua empresa pode ativar o modo reconhecimento facial e geolocalização para realizar a batida de ponto em milésimos de segundos! Nosso app é ideal para empresas que querem evitar as filas de batida de ponto, ou para gestão da jornada de profissionais em home office.
  • Tablet: a sua empresa pode fixar um tablet na parede para facilitar a batida de ponto dos seus colaboradores presenciais. O totem pode ficar disponível a qualquer hora do dia, e também conta com reconhecimento facial para que seus colaboradores não percam tempo!
  • Outros dispositivos e integrações: nosso sistema pode ter integração por meio de API e se adequa à diferentes situações. Entre em contato para saber mais.

Por que a Ponto Icarus nasceu?

Nascemos para ser uma solução para empresas de todos os tamanhos, sejam elas privadas ou públicas. Por meio da Ponto Icarus e de qualquer outra plataforma de gestão de RH e DP que nosso sistema se integre, nós podemos transformar, automatizar e facilitar processos longos e demorados em processos simples e inteligentes.

No que a Ponto Icarus Acredita?

Acreditamos que a tecnologia é uma excelente aliada para empresas que querem melhorar seus processos. Ao tirar as atividades burocráticas de seu time e substituir por atividades prazerosas, sua empresa ganha profissionais mais analíticos, criativos e motivados.

O RH tem se modernizado para otimizar o tempo destes profissionais a fim de que se torne um departamento mais estratégico, e que consiga auxiliar a gestão empresarial para dar mais previsibilidade através de indicadores e metodologias ágeis.

“Como a Ponto Icarus pode ajudar a minha empresa?”

Se você precisa de uma plataforma que realmente vai transformar o seu RH e DP, o software de ponto eletrônico Ponto Icarus é a melhor solução para você!

Veja o que nossos clientes dizem sobre nós:

Por que a Ponto Icarus é a melhor plataforma de ponto eletrônico?

A Ponto Icarus é a melhor sistema de ponto eletrônico online e offline do mercado, pois se destaca pelas funcionalidades, sucesso de nossos clientes, e pelos inúmeros benefícios que a sua empresa pode ter:

  • Melhor equipe de atendimento e suporte dedicado
  • Agilidade em processos
  • Interconexão com atividades que dependem de outras áreas
  • Desburocratização de processos sobre a jornada de trabalho
  • Automatização das horas trabalhadas
  • Distribuição automática de qualquer documento em PDF
  • Assinatura de documentos
  • Notificações PUSH e por e-mail para evitar esquecimento de batida de ponto
  • E-mails com alertas para lembrar os gestores de tratar o ponto com antecedência
  • Área de gestão de tarefas para toda a equipe
  • Cadastro de colaboradores
  • Dashboards e relatórios inteligentes
  • Redução de custos operacionais
  • Eliminação de malotes para transporte de documentos de espelho de ponto ou folha de pagamento
  • Otimização de tempo do setor
  • Visibilidade da jornada em tempo real
  • Melhoria de autogestão da jornada pelos próprios colaboradores
  • Solicitação de ajuste de ponto pelos colaboradores
  • Anexação de documentos como atestados médicos, holerites, etc
  • Área de enquetes para avaliação por gestores e colaboradores
  • Segurança de dados e do processo
  • Impossibilidade de fraude
  • Ônus da prova que evita processos trabalhistas

E muito mais!

Agende a sua demonstração gratuita e saiba como a Ponto Icarus vai transformar seu processos!

Pressione ESC para fechar